Verde Ghaia Consultoria Online

Tudo sobre FSSC 22000: Certificação no Sistema de Gestão da Segurança alimentar

Tudo sobre FSSC 22000: Certificação no Sistema de Gestão da Segurança alimentar
Avalie esse post

FSSC 22000

A norma FSSC 22000 se baseia na ISO 22000. O Sistema de Gestão da Segurança Alimentar estabelece os requisitos para a produção e colocação de alimentos seguros para os consumidores.

ISO 22000 é uma norma da Organização Internacional de Normalização (ISO), que combate os perigos na produção de alimentos. O seu objetivo principal é a implantação de programas de monitoramento e melhorias na questão da segurança alimentar em todas as organizações da cadeia alimentar. Através das diretrizes da ISO 22000 são realizadas análises de perigo e pontos críticos de controle nas empresas de alimentos.

A FSSC 22000 representa uma abordagem abrangente para a gestão de riscos voltada à segurança alimentar em toda a cadeia de fornecimento de alimentos. Confira mais sobre essa norma neste artigo!

FSSC 22000 – Certificação em Segurança alimentar

A norma FSSC 22000 é uma norma voltada para certificação em segurança alimentar.

Essa norma integra ISO 22000:2018 , e é apoiada pela Confederação das Indústrias Alimentares da UE (CIAA) e aprovada pela Global Food Safety Initiative (GFSI).

A FSSC 22000 foi desenvolvida para os sistemas de gestão de segurança de alimentos para consumo humano e para animais. Além disso, inclui também requisitos para o transporte e armazenamento dos alimentos.

É uma norma de certificação que se aplica a produtores de:

  • produtos de origem animal perecíveis;
  • produtos hortaliças;
  • produtos com vida útil longa em temperatura ambiente;
  • ingredientes alimentares (exceto suportes técnicos e tecnológicos);
  • embalagens para alimentos.

A FSSC combina as normas de Gestão de Segurança do alimento da ISO 22000 com as exigências detalhadas dos programas de pré-requisitos (PRPs) programa de pré-requisitos operacionais (PPRO) e o ponto crítico de controle (PCC).

O que são PRP, PPRO e PCC?

FSSC 22000

O Programa de Pré-requisitos (PPR) define as condições básicas e as atividades necessárias para manter um ambiente higiênico ao longo da cadeia produtiva de alimentos. No programa são determinados meios adequados para a produção, manipulação e suprimento de produtos e alimento seguro para o consumo humano. Dependendo da empresa, pode receber um nome especifico como: Boas Práticas de Fabricação, Boas práticas de transporte ou Boas Práticas de Armazenagem.

Com a identificação do PPR é definido o Programa de Pré-requisito Operacional (PPRO). Neste programa são identificados os perigos á segurança alimentar no ambiente de processo com intuito de evitar qualquer tipo de contaminação.

Para eliminar e prevenir o perigo é introduzida a etapa de Ponto crítico de controle (PCC).

Saiba aqui quanto custa implantar a ISO 22000.

ISO 22000 – Gestão de Segurança de Alimentos

 

FSSC 22000

A ISO 22000 é uma norma internacional adequada a todas as empresas da cadeia alimentar. É destinada aos produtores, produtores de equipamentos, materiais de embalagem, agentes de limpeza, aditivos e ingredientes.

A revisão da norma, publicada em 19 de Junho de 2018, segue a mesma estrutura de alto nível, o anexo SL.  Isso facilita a integração do sistema de gestão da segurança alimentar com as demais normas, por exemplo, a ISO 9001.

Na ISO 22000 encontramos elementos essenciais para garantir a segurança alimentar ao longo da cadeia, incluindo:

  • comunicação interativa;
  • gestão de sistema;
  • controle de riscos de segurança alimentar através de programas de pré-requisitos e planos PCC;
  • melhoria e atualização contínua do sistema de gestão de segurança de alimentos.

Essa norma juntamente com a especificação técnica que detalham quais e como os programas de pré-requisitos devem ser implementados são necessárias para a certificação FSSC 22000.

Saiba mais: qual a relação entre a nova edição da ISO 22000 e as ISO 9001 e 14001?

Benefícios da ISO 22000 E FSSC 22000

FSSC 22000

São os benefícios da ISO 22000 para a empresa:

Leia mais: Benefícios da ISO 22000 para as empresas.

A FSSC 22000 foi desenvolvida para:

  • promover a harmonização internacional com a norma ISO 22000;
  • introduzir a transparência das normas de segurança de alimentos;
  • garantir que toda a cadeia alimentar seja avaliada e monitorada com uma abordagem baseada em processos, empregando todos os programas pré- requisitos;
  • promover a identificação sistemática e a gestão de processos interligados;
  • otimizar o controle de processos internos para ajudar a minimizar riscos em alimentos;
  • trazer mais confiança para clientes e partes interessadas, uma vez que a empresa garante uma abordagem séria e controlada em relação à segurança alimentar.
  • aumentar e melhorar a proteção da marca;
  • melhorar a gestão da cadeia de fornecimento;
  • ajudar a garantir abordagens preventivas e corretivas com relação à gestão de segurança alimentar.
  • permitir que as auditorias de terceira parte sejam mais eficientes e efetivas;
  • aliviar a pressão sobre a organização nas fiscalizações das agências regulatórias, uma vez que essas agências podem usar a norma como um primeiro ponto de avaliação;
  • criar redução de custos por meio da eficiência de processos e auditorias internas e externas otimizadas.

Saiba aqui se sua empresa está adequada aos padrões da ANVISA.

Por fim, concluímos que a certificação FSSC 22000 combinada como a ISO 22000 trás benefícios de uma ferramenta de gestão de negócios ligada à segurança alimentar e processos empresariais. As empresas da cadeia produtiva que obtiveram a certificação na ISO 22000 atendem as exigências de diversos varejistas internacionais e das maiores empresas alimentícias. Por ser o único sistema de gestão de segurança alimentar reconhecido internacionalmente oferece para cada organização a segurança e confiabilidade na venda de produtos alimentícios.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

Mas quer se aprofundar um pouco mais a respeito? Leia outro artigo do nosso blog: Passo a passo da implementação ISO 22000

 

 

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!