Verde Ghaia Consultoria Online

Qual diferença entre auditor interno e externo?

Qual diferença entre auditor interno e externo?
5 (100%) 1 voto

Entender o que é Auditoria Interna está relacionado a entender qual a diferença dela para a externa, e os benefícios que elas podem agregar para empresas de diferentes segmentos!

Você sabe de fato o que é Auditoria Interna e até mesmo qual a diferença dela para a Auditoria Externa? Esse é um ponto que gera muita dúvida na cabeça de muitos empreendedores.

De forma generalizada, o trabalho realizado por uma Auditoria Interna é bastante semelhante ao que é executado pela Auditoria Externa, isso porque nos dois casos os auditores recorrem ao uso de técnicas e ainda outros aspectos fundamentais!

E isso se dá principalmente pelo controle interno, que é justamente o ponto de partida de todo o trabalho, ajudando até mesmo a se formular quais as melhorias que poderão ser adotadas, problemas identificados e demais pontos!

Entretanto, o trabalho feito por parte dos Auditores Internos e Auditores Externos possui algumas diferenças básicas, que são ainda caracterizadas por diversos tópicos:

Entenda o que é Auditoria Interna e o que a diferencia da Auditoria Externa

A diferença é bem simples, na verdade, quando se trata de entender o que é Auditoria Interna e a Auditoria ExternaNo caso, se você quer saber quais são os tipos de Auditorias, há duas, a interna e a externa. A Auditoria Externa o auditor é totalmente independente da empresa, sendo ele contratado principalmente para tal finalidade.

Nesse caso, para saber como fazer uma Auditoria, é necessário evidenciar que o profissional precisa ter formação em Ciências Contábeis e ainda possui um registro junto a Conselho Regional de Contabilidade – CRC. A sua atividade ainda é regulada por meio da Comissão de Valores Mobiliários – CVM.

Se tratando sobre que é Auditoria Interna, ela tem como finalidade central suprir fins de caráter interno, sendo importante atender todos os objetivos e metas da própria empresa, sem que precise prestar contas à agentes externos.

Por conta disso, a analise não fica restrita somente aos registros contábeis, sendo que ela passa também por controles, regulamentos internos, procedimentos e outras questões de forma a agregar um panorama substancialmente preciso e completo!

Diante disso, ao se realizar a avalição da eficiência e ainda de todos os controles internos, o auditor pode conseguir estabelecer um alerta acerca de eventuais riscos e ainda fazer uma orientação de falhas que forem identificadas durante esse processo. Ele ainda poderá ser capaz de apontar de forma mais precisa e positiva quais as melhorias que poderão ser adotadas – e tudo isso é feito com o objetivo de contribuir ao máximo com os empreendedores e gestores na hora de se promover uma tomada de decisões mais qualitativas.

Conheça os conceitos básicos do termo Auditoria de acordo com a norma ISO 19011

A ISO 19011 é bastante flexível se tratando das diretrizes associadas à auditoria, podendo até mesmo evidenciar uma variação conforme o tipo de organização, tamanho da empresa e até mesmo se existem complexidades nos processos vigentes. Outro detalhe que precisa ser destacado acerca da ISO 19011 é que essa norma já permite introduzir o conceito de risco para auditores no sistema de gestão.

A norma ainda inclui os Princípios da Auditoria, que permitem contribuir substancialmente com o entendimento da natureza do processo em si, bem como o gerenciamento do programa de auditoria que permitem oferecer informações e orientações para um bom programa de auditoria. Isso tudo ainda leva em conta uma série de outros aspectos fundamentais, como a responsabilidade, coordenação das atividades, disponibilidade de recursos, objetivos e outros.

Confira os principais conceitos da ISO 19011

  • Auditoria: permite obter evidências de auditoria;
  • Análise crítica da documentação: compara documentos por meio dos requisitos do sistema de gestão;
  • Auditoria in loco: compara documentos por meio dos requisitos do sistema de gestão;
  • Critério de auditoria: políticas, procedimentos ou requisitos;
  • Auditor: profissional para realizar uma auditoria conforme os atributos pessoais, conhecimentos e habilidades;
  • Equipe auditora: um ou mais auditores;
  • Evidência de auditoria: apresentação de fatos ou informações pertinentes;
  • Constatação de auditoria: resultado da avaliação comparada com os critérios da auditoria;
  • Conclusão de auditoria: resultado de uma auditoria;
  • Cliente de auditoria: quem solicita uma auditoria, podendo ser uma pessoa ou empresa;
  • Auditado: empresa que está passando por uma auditoria;
  • Observador: individuo que deverá acompanhar equipe de auditoria, porém, não é alguém que audita;
  • Guia: pessoa apontada pelo auditado para apoiar a equipe da auditoria;
  • Programa de auditoria: uma ou mais auditorias, planejadas por um determinado prazo e ainda direcionado para um propósito específico;
  • Escopo de auditoria: abrangências e ainda limites de uma auditoria;
  • Plano de auditoria: descreve as atividades e outros pontos para um processo de auditoria;
  • Risco: incerteza acerca dos objetivos;
  • Competência: aplicação de conhecimentos e habilidades para obter resultados almejados;
  • Conformidade: busca atender a um determinado requisito;
  • Não conformidade: não atende a um determinado requisito;
  • Sistema de gestão: visa estabelecer uma política e ainda objetivos, de forma que se possa atingi-los!

Como uma plataforma de consultoria online pode ser uma aliada da empresa para esse processo?

A Auditoria Interna não é um fator obrigatório, mas, isso não nula o fato de que ela pode ser muito benéfica e ainda agregar uma série de vantagens para as empresas que passem por esse processo. Diante disso, pode-se afirmar seguramente que as principais diferenças entre Auditoria Interna e Auditoria Externa são:

Objetivos: A Auditoria externa é orientada para o mercado, principalmente quando a empresa precisa realizar um empréstimo ou buscar novos investidores. Já a interna, é mais voltada para a necessidade acerca de uma tomada de decisões da gestão empresarial.

Analise: A Auditoria Externa é de caráter totalmente contábil, enquanto a Interna é contábil e operacional!

Obrigatoriedade: A Auditoria Externa é totalmente obrigatória para empresas que possuam seu capital aberto ou até mesmo de grande porte, enquanto a Interna consiste em uma iniciativa da própria empresa com o intuito de agregar melhorias em seus processos internos!

Consideração Final

Em suma, saber o que é Auditoria Interna é um ponto extremamente necessário, uma vez que uma grande demanda de empresas somente poderia melhorar seus processos internos e ainda agregar melhorias contínuas! Diante disso, uma Consultoria Online pode ser o caminho mais promissor para que todo o processo da Auditoria Interna seja eficiente e atenda todos os requisitos e normas, valorizando todos os objetivos e metas que forem propostos pela corporação!

 

Se você quer se aprofundar mais sobre o que é Auditoria Interna, procure o quanto antes uma consultoria online para auditoria!

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!