Verde Ghaia Consultoria Online

ISO 22000: qual a melhor forma de assegurar alimentos de qualidade?

ISO 22000: qual a melhor forma de assegurar alimentos de qualidade?
Avalie esse post

ISO 22000

A ISO 22000 é a ferramenta que tem permitido às empresas, uma implementação de gestão de segurança de alimentos de alto nível. A segurança de alimentos é uma das grandes questões do nosso tempo, afinal de contas, a cada dia consumimos mais alimentos prontos ou invés de preparar a nossa própria comida.

Baseada em padrões internacionais, a norma certifica o sistema de gestão de segurança de alimentos de indústrias e agentes comercializadores de alimentos. De forma que seu selo possa servir como validação da qualidade e sanidade do processo produtivo adotado pelo empresa.

A certificação do sistema produtivo é, sem dúvida, uma das melhores maneiras de se assegurar a qualidade dos alimentos disponibilizados para os consumidores.

A padronização internacional da produção de alimentos

ISO 22000

A globalização permitiu que muitos alimentos produzidos em diferentes nações, cruzassem fronteiras e oceanos, chegando às mesas de bilhões de pessoas de diferentes nacionalidades, culturas, hábitos alimentares e etc. A necessidade de se produzir em massa, trouxe também a demanda pela padronização dos processos de qualidade.

Hoje, caso um determinado produto seja contaminado em uma grande indústria, é possível que milhares de consumidores sejam afetados até que o problema seja descoberto. Por isso os processos alimentares são tão rigoroso nos grandes centros de produção de alimentos, seja no campo ou nas fábricas.

A padronização dos sistemas internacionais de segurança de alimentos veio com a ISO 22000. A norma construída no sistema de hierarquia de alto nível (o mesmo usado nas ISO 9001 e 14001), padroniza os processos das organizações, com foco na segurança, inspeção de qualidade e eliminação de riscos que estejam, em algum nível, sob controle da empresa.

Como é obtido o certificado da ISO 22000?

ISO 22000

O certificado da ISO 22000 é obtido de maneira semelhante ao das ISO 9001 e 14001. A empresa passa por um processo de implementação da norma, todos os seu processos são revistos e adequados aos padrões exigidos pelo sistema. Após a implementação, é realizada uma auditoria externa por um organismo certificador independente, filiado à ISO.

Uma vez atestada a conformidade dos processos aos padrões normativos. A empresa recebe o certificado e passa a ser considerada segura para consumo para milhões de organizações e consumidores, os quais utilizam a ISO 22000 como padrão de seleção de fornecedores.

Caso a empresa apresente não-conformidades impeditivas, o certificado será negado, contudo, o relatório apontará os erros e uma nova auditoria será marcada para verificar se as correções já foram feitas. Com isso, todas as empresas que desejarem, tem a chance de se certificar.

Saiba como a VG Resíduos pode ajudar na gestão de resíduos da sua empresa

Problemas relacionados ao fornecimento de alimentos

ISO 22000

Não são incomuns nos jornais, os casos de intoxicação alimentar ocorrida em função da ingestão de produtos impróprios ou por falhas nos processos de fabricantes de alimentos. Há relatos de insetos dentro de latas, pelo de roedores em molhos, salmonela em alimentos embutidos, entre outros. Uma infinidade de exemplos é possível de ser levantada.

Na grande maioria dos casos, não houve má fé ou até mesmo negligência por parte dos controladores da operação da companhia, mas sim, falhas no processo, as quais permitiram a ocorrência de problemas desta ordem.

Uma vez que os pontos críticos são identificados e rigorosamente monitorados, a possibilidade de ocorrência de falhas diminui drasticamente, de forma que, algumas indústrias já registram anos sem incidentes com seus produtos, desde que se certificaram na ISO 22000.

Mercado de Resíduos: obtenha mais clientes e amplie o seu negócio agora!

É necessário ter a ISO 9001 para a certificação na ISO 22000?

ISO 22000

Não é necessário que a empresa seja certificada na ISO 9001 e nem na 14001 para que a norma de segurança de alimentos seja implementada, contudo, as certificações anteriores ajudam muito. Ocorre que a estrutura das normas é semelhante e se, a empresa já tiver seus processos mapeados, o trabalho será bem menor na hora de implementar a ISO 22000.

Há também a possibilidade de se implementar um sistema de gestão integrado entre as normas de qualidade (ISO 9001), meio ambiente (ISO 14001), saúde e segurança ocupacionais (ISO 45001) e segurança de alimentos (ISO 22000). Uma vez que todas as normas estão trabalhando em conjunto, o sistema de gestão se torna muito mais eficiente para o cumprimento de seus objetivos.

Saiba mais: como ganhar dinheiro com a reciclagem de resíduos

Exigências da ISO 22000

A norma exigirá que os processos da empresa sejam readequados aos padrões internacionais por ela reconhecidos. Além do mais, haverá uma rigorosa revisão do atendimento às exigências legais.

A ISO 22000 facilita muito o processo de obtenção da certificação de boas práticas sanitárias da ANVISA, já que esta é, em muitas partes, baseada na ISO.

Descarte de lixo em restaurantes: como fazer da maneira correta?

Benefícios da ISO 22000 para consumidores

Do ponto de vista dos consumidores, a ISO 22000 traz uma garantia de qualidade e procedência dos produtos consumidos. O selo da norma nas embalagens dos produtos é um indicativo de que a empresa cumpre rigorosos processos de segurança de alimentos e de que seus materiais passaram por auditorias independentes.

Vantagens da ISO 22000 para empresas certificadas

Para as empresas certificadas, os benefícios vão muito além da certeza de cumprimento de padrões de alto nível. Elas podem se valer de posicionamento estratégico que o selo proporciona, uma vez que adquirem a possibilidade de cobrar um “preço” pelo diferencial ofertado.

Outro benefício que as empresas podem obter com a certificação é a isenção de praticamente qualquer cobrança legal em relação à segurança de alimentos, já que a auditoria externa atestará o cumprimento da legislação sanitária aplicável. Isso pode livrar a empresa de ocorrências indesejadas junto aos órgãos de fiscalização.

Ainda se tratando de benefícios, em geral, empresas que possuem o selo da ISO 22000 possuem mais facilidade nas concorrências pelos contratos de grandes compradores de seus produtos. Um exemplo seria o de fazendas que certificam seus produtos, os quais serão enviados ás indústrias processadoras. O selo da ISO 22000 pode facilitar muito o processo comercial.

A certificação dos processos de produção alimentar é muito útil para produtores e indústrias que pretendem ampliar seus mercados, além de adquirir maior poder de negociação junto aos outros participantes da cadeia produtiva. A ISO 22000 neste sentido é o caminho mais simples para a correção e adequação de todos os processos aos padrões reconhecidos internacionalmente.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!