VG Consultoria Online

Quais São as Críticas Mais Comuns à ISO 9001?

Quais São as Críticas Mais Comuns à ISO 9001?
5 (100%) 5 votos

Muito se fala sobre as vantagens da certificação ISO 9001, como também muito se especula a respeito das dificuldades de sua implementação. É necessário separar o que é verdade do que é mito em relação à norma mais famosa do mundo.

 

critica iso 9001

 

Nem tudo são flores! É uma das frases jargões que se ouve por aí quando ouvimos falar bem sobre um determinado assunto. De fato, é interessante colocar tudo na balança para tomar a decisão mais adequada, ainda mais quando a decisão envolve o futuro de uma empresa. Das críticas mais comuns e perguntas mais usadas quando o assunto é ISO 9001, vamos listar algumas a seguir:

 

A ISO 9001 é Viável Apenas Para Grandes Empresas

 

Pode até ser que essa frase já tenha sido verdade em algum momento do passado, no entanto hoje ela é completamente falsa. Das críticas mais comuns à ISO 9001, essa afirmação é uma das primeiras a serem descartadas.

Hoje é totalmente possível a implementação da norma a um custo consideravelmente baixo. Há valores iniciais que variam em torno de nove mil reais. Além da promoção de condições de pagamento bem acessíveis a parte considerável das organizações.

Nos últimos anos inclusive subiu o número de médias e pequenas empresas certificadas na norma de qualidade. A versão atual da ISO 9001 trouxe uma série de alterações para adequar a todo tipo e tamanho de negócio.

 

A ISO 9001 Exige Que a Empresa Possua uma Equipe Exclusiva Para Cuidar da Gestão da Qualidade

 

Outra crítica muito comum à ISO 9001 é a afirmação de que a empresa deverá contratar profissionais especializados.  A ideia que muitos acreditam é que seja necessária uma equipe em gestão da qualidade ou gastos com investimentos em treinamentos para um dos colaboradores ficar dedicado à implementação do SGQ.

A afirmação é totalmente falsa, seria legítima apenas para empresas de médio e grande porte. Uma vez que organizações pequenas apenas precisam ter a equipe treinada na norma ISO 9001 para executar seus processos de acordo com o SGQ documentado. Portanto, não é necessária uma equipe dedicada exclusivamente a implantação do sistema.

 

A ISO 9001 Torna os Processos da Empresa Burocráticos

 

criticia iso 9001

 

Outra crítica dentre as mais comuns à ISO 9001 é a afirmação de que a implementação da norma irá burocratizar os processos dentro da empresa. Na verdade, a implementação da norma promove o oposto. Tendo em vista que a ISO 9001 irá documentar a maneira mais racional de se executar os processos, tornando-os simplificados e previsíveis.

Além do mais, a racionalização dos processos estimula o aumento da produtividade da operação, tornando as coisas os procedimentos mais claros e simples de serem compreendidos por todos.

Muitas pessoas acreditam erroneamente que a ISO 9001 gera papéis e mais papéis, nos quais todos os eventos da operação deverão ser documentados. Muito pelo contrário, a ISO 9001 promove boas práticas na intenção que o sistema ocorra de forma otimizada e o mais prático possível.

 

A Visita Anual da Certificadora Irá Gerar Custos Elevados

 

Quando um empresário é informado que será visitado anualmente pelo auditor do organismo certificador, logo imagina-se gastos com somas altíssimas. Pois supõem-se que além da diária de um auditor presencial, há custos de transporte, hospedagem, alimentação e outros mais.

No entanto, a preocupação é infundada, pois o contrato inicial da certificadora já contemplará a certificação, a manutenção e a re-certificação. Sendo assim, os custos são previsíveis e muitas vezes pagos em uma única vez e, além do mais, com um bom desconto.

Outro ponto que deve ser observado é que as grandes certificadoras possuem auditores locais espalhados por todo o país. Neste sentido, a empresa sempre será visitada pelo auditor mais próximo, muitas vezes da mesma cidade. O que evita custos com passagens aéreas, transporte, hospedagem, alimentação, entre outros valores.

 

Caso a Empresa Não Seja Aprovada na Auditoria da Certificadora, ela Precisará Pagar Pelo Serviço Outra Vez

 

 critica iso 9001

 

Das críticas mais comuns à ISO 9001, uma das mais temidas é a reprovação na auditoria externa. Muitos acreditam que se forem reprovados, terão que refazerem o processo e ainda pagar novamente pelo serviço da certificadora.

Não há grande motivos para se preocupar com a reprovação, pois ela se dará somente em caso grave de descumprimento dos requisitos normativos por parte da empresa. As não conformidades são apontadas para as organizações criarem planos de ação para resolvê-las. Caso haja descumprimento, então neste caso ocorrerá a reprovação. No entanto, as não conformidades são divididas entre menores e maiores, apenas as não conformidades maiores podem reprovar a empresa.

A boa notícia é que clientes que fazem a implementação através da Consultoria Online Verde Ghaia recebem a garantia contratual da aprovação. Ou seja, caso cumpram todos os requisitos apontados pelos consultores da Verde Ghaia é garantido a certificação. A Verde Ghaia assume o compromisso de reembolsar o cliente nos valores pagos pela consultoria de implementação da ISO 9001.

 

A Empresa Precisará Contratar Um Software Específico Para o Gerenciamento do SGQ ISO 9001

 

Outra crítica comum à ISO 9001, que também é um mito, é a afirmação de que a empresa precisará de um sistema informatizado apenas para gerir a ISO 9001.

Todos os arquivos eletrônicos gerados são produzidos em programas office, já utilizados na empresa, além do mais, os documentos físicos devem estar acessíveis e visíveis, não sendo necessário um software de controle

Caso a empresa seja de médio ou grande porte, uma quantidade muito grande de documentos será gerada. Pode ser necessária a utilização de um software de controle de documentos.

 

Caso a Organização ISO Faça a Atualização da Norma Vigente, a Empresa Perderá A Certificação

 

A afirmativa de que a validade da certificação da empresa é condicionada às publicações da organização ISO internacional é outro pensamento errôneo sobre a norma.

O que ocorre é que a certificação da empresa é válida por três anos, justamente o prazo de vigência de normas obsoletas. Assim a empresa não fica no prejuízo caso a norma seja alterada.

 

Vejamos um exemplo:

 

Se a empresa se certificou em 2013 na ISO 9001:2008, a certificação tem validade até o ano de 2016. Porém como a norma foi atualizada em 2015, e a partir desta data as organizações tem três anos para migrar, a empresa não precisa se preocupar em migrar imediatamente, pois apenas no fim de 2016 ela deverá ser recertificada, já na norma atual.

A norma ISO 9001 mais atual foi publicada em 2015, sendo assim, o último ano para a migração é 2018. Exatos três anos após a publicação da nova norma.

 

Conclusão

 

São muitas as dúvidas e questionamentos àqueles que começaram a estudar a ISO 9001 e também aos que já pretendem implementar a norma na empresa. No entanto, é preciso entender que a certificação ISO 9001 não é nenhum “bicho de sete cabeças”, alcançar o selo de qualidade pode ser mais simples do que você pensa.

Caso precise compreender melhor a norma, você pode conversar com um dos nossos consultores pelo telefone (31) 3656-5538.

 

ENTRE EM CONTATO COM UM DE NOSSOS CONSULTORES

Compartilhe