Verde Ghaia Consultoria Online

Política de qualidade: Por que preciso dela?

Política de qualidade: Por que preciso dela?
5 (100%) 6 votos

Um dos itens mais significativos da ISO 9001, a política de qualidade configura-se como uma importante estratégia na definição dos objetivos de uma empresa

 

poítica de qualidade

 

A competitividade do mercado resulta numa série de fatores positivos para os clientes como a concorrência dos preços, por outro lado exige várias estratégias das organizações para se manter em uma posição à frente da concorrência. Táticas relacionadas a preço são uma das ações mais praticadas, entretanto um outro fator essencial para os clientes é, sem sombra de dúvida: a qualidade.

Contar com uma excelente gestão de qualidade no empreendimento implica na sobrevivência e longevidade do negócio. Durante a implementação do SGQ em que se recomenda a ISO 9001 (Leia mais sobre esse assunto aqui) são observados vários requisitos, dentre eles está a política de qualidade, ponto fundamental da norma.

A política é um sistema de princípios criados para orientar decisões que podem gerar resultados que possam ser quantificáveis ou seja, possam ser mensuráveis. Ela é um dos requisitos mais importantes das normas, porque aponta as intenções da direção relativas ao comprometimento da organização com o sistema de gestão.

Para estabelecer o registro por escrito em que a empresa estabelece o compromisso com a qualidade e o atendimento às necessidades dos clientes, existe a política de qualidade. É uma ação desenvolvida pela liderança com orientações gerais, intenções e objetivos da organização no que diz respeito à qualidade.

A política de qualidade funciona como mais um dos pilares em que a organização se sustenta e se inspira para gerir as ações. Podemos compará-la a missão, visão e valores dos quais a liderança se baseia para tomar decisões de priorização de projetos, contratação ou desligamento de funcionários ou estratégias para atingir metas.

Para aquelas empresas que ainda não contam com este item da ISO 9001, sugerimos alguns passos que poderão ser úteis no processo da criação da própria política de qualidade. Lembrando que é uma tarefa que deve ser desenvolvida pela alta liderança:

 

1º passo – Garantir que ela seja adequada aos propósitos e ao contexto da organização;

 2º passo – Comprometer-se em fazer com que os requisitos da política de qualidade sejam aplicáveis;

3º passo –  Comprometer-se com a melhoria contínua da política;

4º passo – Promover uma estrutura para o estabelecimento dos objetivos da qualidade (ver texto abaixo que explica o significado do termo)

 

A política é uma informação documentada e deve estar disponível para toda a organização. É essencial que todos os colaboradores sejam comunicados, principalmente aqueles que podem afetar a conformidade do produto ou causar impactos frente aos requisitos das partes interessadas.

Neste sentido, toda a organização deve entendê-la e aplicá-la no desempenho de suas atividades. A política pode ser divulgada em sites, quadros informativos, folhetos para visitantes, dentre outros meios de comunicação.  Procure torná-la pública às partes interessadas à organização.

 

Algumas maneiras de difundir a política de qualidade:

  • Crachás com informações;
  • Divulgue nas camisas pontos importantes da política de qualidade;
  • Banners e quadros de destaque;
  • Criar música para facilitar o processo de aprendizado da política;
  • Inserir a política na assinatura de cada e-mail;
  • Dinâmicas em grupo com itens da política de qualidade;

A verificação do entendimento sobre a política pode ser realizada através de quiz com os empregados, através de perguntas do dia a dia e em auditorias ou inspeções rotineiras. Quando uma informação é repetida e propagada várias vezes, há mais probabilidade de fixação e compreensão pelos colaboradores

 

política de qualidade

 

Objetivos de Qualidade

 

É a partir da política que se estipula os objetivos de qualidade que podem ser ordenados segundo as intenções da liderança da empresa, abaixo citamos alguns exemplos:

  • Capacitação de colaboradores;
  • Aprimoramento dos processos;
  • Melhoria de produtos e serviços;
  • Melhora do ambiente de trabalho;
  • Aperfeiçoamento da empresa como um todo;
  • Satisfação dos clientes;

Ressaltamos que os objetivos precisam ser mensuráveis, ou seja é necessário estabelecê-los de tal maneira que possam ser avaliados se os resultados foram ou não atingidos.

Muitas pessoas têm dificuldade em distinguir a política do objetivo de qualidade. Para esclarecer a diferença entre os dois termos, apresentamos abaixo as principais características de cada expressão.

 

Entenda a diferença entre política de qualidade e objetivo de qualidade

 

A política de qualidade é um registro documentado criado para a empresa se orientar e se organizar no que tange as estratégias relacionadas a qualidade organização.  Como explicado anteriormente ela é definida pela alta liderança e deve ser difundida e praticada principalmente por aqueles que regem a empresa.

Para o termo se tornar uma verdade dentro da empresa, são necessárias várias ações de divulgação e também de cumprimento de cada um dos itens que a constroem como um todo. Tendo em vista, que um dos principais objetivos da política de qualidade é satisfazer os clientes pela busca da excelência em cada um dos serviços ou produtos oferecidos pela organização.

É a partir da política de qualidade que se define o objetivo de qualidade.  A política trata de como, e o objetivo de onde a organização deseja chegar. Ou seja, o objetivo de qualidade são os alvos estipulados pela empresa no que tange a qualidade. Eles devem ser pensados a partir de uma ótica quantitativa, de maneira que possam ser medidos para serem avaliados se são possíveis ou não de ser alcançado.

Os objetivos devem ser bem definidos e mensuráveis. Objetivos onde não existem medidas para avaliação não devem ser considerados. Além disso, eles precisam ser possíveis de serem alcançados.

A política é o suporte para a definição e análise crítica dos objetivos da empresa. A partir da política, a organização pode estabelecer um senso global de direção e determinar os princípios de ação, ou seja, estabelecer a meta principal, no que se refere ao atendimento dos requisitos aplicáveis e ao desempenho exigido à organização.

É essencial que a política da qualidade esteja refletida nos objetivos da qualidade. Todavia, é necessário que eles sejam medidos e controlados. Nesse sentido, os indicadores colaboram, à medida que eles atribuem números aos objetivos e/ou processos medidos.

Quando uma empresa alcança os objetivos de qualidade estabelecidos, ela naturalmente aumenta a performance nos processos operacionais e melhora o desempenho financeiro da organização. É interessante tanto para o cliente quanto para a empresa que os objetivos sejam alcançados.

 

Ficou interessado pelo assunto? Temos um modelo de Política de Qualidade especial produzido pela Verde Ghaia Consultoria Online Para acessá-lo, basta clicar aqui.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!