VG Consultoria Online

Para que serve ISO 14001 e como essa norma fará com que minha empresa alcance o sucesso sustentável

Para que serve ISO 14001 e como essa norma fará com que minha empresa alcance o sucesso sustentável
5 (100%) 4 votos

Alcançar o sucesso sustentável em sua empresa é colocar a gestão ambiental no centro de suas operações. A norma internacional ISO 14001 ajuda você a reduzir o impacto ambiental e a ampliar os seus negócios.

 

pra que serve iso 14001

 

Em um mundo globalizado e com a tecnologia disponível, as empresas competitivas vêm à gestão ambiental de forma intrínseca aos seus processos, em que a valorização da preservação ambiental é parte da conduta moral das organizações e também da sociedade. Neste contexto, discutiremos sobre o que é ISO 14001 e para o que serve.

É certo de que toda empresa visa lucros e, para tanto, as ações de preservação ou de redução dos impactos ao meio ambiente devem ser realizadas com uma política sustentável de modo que não prejudique o crescimento econômico da empresa. Assim, a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) vinculado à certificação ambiental, favorece não apenas um ambiente mais sustentável, mas também as empresas certificadas, os fornecedores, os clientes e os órgãos ambientais.

 

O QUE É ISO 14001?

 

É uma norma internacional que define sobre como colocar um sistema de gestão ambiental eficaz em vigor. Ela é projetada para ajudar as empresas a adequar responsabilidades ambientais aos seus processos internos e a continuar sendo bem-sucedidas comercialmente. Ainda, torna possível prover o crescimento da empresa, por meio da redução do impacto ambiental.

Esta norma é baseada no ciclo PDCA do inglês “plan-do-check-act” – planejar, fazer, checar e agir – e utiliza terminologia e linguagem de gestão conhecida, apresentando uma série de benefícios para a organização.

 

selo iso 14001

 

A estrutura de um sistema como este permite atender às expectativas de responsabilidades corporativas cada vez mais elevadas dos clientes, assim como aos requisitos legais ou regulamentares.

No Brasil, a norma tem a versão brasileira representada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), intitulada como NBR ISO 14001.

Saiba mais sobre o que é ISO 14001 por meio do artigo: O que é ISO 14001?

 

De onde surgiu essa norma?

 

A ISO é uma Organização Internacional de Normalização, formada por uma associação de 162 organismos nacionais de normalização, no qual o Brasil está inserido por meio da ABNT e onde, através de seus membros, reúne especialistas para compartilhar conhecimentos e desenvolver padrões internacionais voluntários, baseados em consenso e aspectos relevantes para o mercado, que apoiem a inovação e proporcionem soluções para os desafios globais.

Dentre diversas normas, existe a série 14000, que se referem a normas de padrões ambientais que tem por objetivo abordar aspectos como sistemas de gestão ambiental, auditorias ambientais, rotulagem ambiental, comunicação ambiental, análise do ciclo de vida, desempenho ambiental, aspectos ambientais e terminologia, em qualquer empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte.

A área da ISO responsável pela série ISO 14000 é o Comitê Técnico 207, chamado ISO/TC207. Seu correspondente na ABNT é o Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental, o CB-38. Fazem parte dessa série, as normas: ISO 14001, 14004, 14010, 14020, 14031, 14040 e 14064.

Para conhecer um pouco mais sobre cada norma da família ISO 14000, acesse o site da Consultoria on-line Verde Ghaia.

 

Objetivos da norma

 

Para possibilitar que as organizações atendam as suas necessidades socioeconômicas em equilíbrio com a proteção do meio ambiente, a norma ISO 14001 tem como objetivos:

  • Proteger o meio ambiente com a prevenção ou mitigação dos impactos ambientais adversos;
  • Mitigar os potenciais efeitos adversos das condições ambientais na organização;
  • Auxiliar a organização no atendimento aos requisitos legais e outros requisitos;
  • Aumentar o desempenho ambiental;
  • Controlar ou influenciar o modo que os produtos e serviços da organização são projetados, fabricados, distribuídos, consumidos e descartados, utilizando uma perspectiva de ciclo de vida que possa prevenir o deslocamento involuntário dos impactos ambientais dentro do ciclo de vida;
  • Alcançar benefícios financeiros e operacionais que resultem na implementação de alternativas ambientais que reforçam a posição da organização no mercado;
  • Comunicar as informações ambientais para as partes interessadas pertinentes, conhecidos como steakholders.

 

E sobre os benefícios, quais são eles?

 

Ser certificado com um Sistema de Gestão Ambiental que é reconhecido internacionalmente envolve muitas vantagens diante dos mais diversos atores envolvidos com seu negócio. Veja abaixo alguns dos benefícios para as empresas com certificação ISO 14001:

  • Aperfeiçoar o Sistema de Gestão Ambiental – a norma aprimora os itens da gestão ambiental que existem dentro da empresa, proporcionando o aperfeiçoamento da política ambiental interna e as adaptações necessárias para uma competitividade sustentável da empresa e sem agressões severas ao meio ambiente;
  • Crescimento eficaz – a redução de gastos desnecessários durante os processos de produção da empresa e a redução de desperdícios é um dos requisitos que regem o sistema de gestão ISO 14001. Portanto, a empresa funciona com mais eficiência e sem grandes perdas financeiras.
  • Aumento da rentabilidade – com a queda nos gastos com energia e resíduos, melhora a rentabilidade da empresa como um todo. A redução dos custos prevenindo poluição e diminuição de gastos com descartes de produtos, também são outras vantagens da ISO 14001 diante da contenção dos gastos.
  • Melhora na imagem da empresa – a adesão ao uso de um selo sustentável, como o Selo ISO 14001, junto à marca da empresa é um bom meio de informar ao mercado de que a organização está atuando de modo ecologicamente correto. A partir disso, uma série de conceitos positivos é atrelada a imagem da empresa como: transparência, responsabilidade ambiental e a ideia de uma organização “limpa”, sem prejuízos ao meio ambiente. Além disso, várias oportunidades de negócios podem surgir pela presença da certificação, haja vista, que os empresários desejam manter relações comerciais com empresas confiáveis, com vistas a evitar futuros escândalos ambientais, como poluição significativa do ar e da água, por exemplo.
  • Cumprimento da legislação ambiental – em situações como catástrofes ambientais decorrentes de erros das indústrias ou empresas de produção, as multas podem alcançar valores exorbitantes. Há casos de penalidades na casa dos bilhões. Além da imagem danificada, muitas destas empresas chegam a ter que fechar as portas pelos gastos onerosos. A certificação na ISO 14001 traz não apenas a grandes corporações, mas também a pequenos empreendimentos o conhecimento da legislação em vigor no que se refere a sua área de atuação e também as principais orientações que devem ser adotadas para evitar problemas deste nível. Portanto, ter o selo ambiental não significa apenas ser uma empresa ecologicamente correta, mas evitar prejuízos e multas desnecessárias por agressão à natureza. É importante frisar que o sucesso da norma não está apenas na conquista da certificação, mas a continuidade do cumprimento de cada um dos requisitos estabelecidos pela ISO 14001.
  • Incentivo ao cumprimento de ações voltadas para a gestão ambiental – a norma de gestão ambiental estimula a organização a superar a morosidade das ações ambientais. Incentiva a empresa a retirar os objetivos do papel, tornando as metas reais e palpáveis.
  • Competitividade internacional – muitas empresas internacionais exigem como forma de fechamento de contrato a certificação em algumas normas, entre elas a ISO 14001. Pela representatividade internacional, a norma abre um leque de possibilidades comerciais, além da legitimidade que a empresa ganha no serviço ou produto. Empresas que prezam por valores ambientais preferem manter relações com outras corporações que possuem a mesma diretriz ambiental. Nesse sentido, a norma de gestão de qualidade favorece a marca e traz valores sustentáveis a empresa.
  • Satisfação do Cliente – receber um produto ou serviço de qualidade cumprindo a legislação ambiental promove tanto a satisfação do cliente, quanto a positividade da marca. É de interesse das pessoas tanto pela conduta moral, quanto pela consciência social que o produto ou serviço que elas usufruem seja devidamente produzido, ou seja, ecologicamente correto.

 

Se sua empresa ainda não está convencida de que ser certificada na ISO 14001 é um bom negócio, leia o artigo Cinco problemas que empresas sofrem por não serem certificadas na ISO e entenda como a certificação é o elemento que traz diferencial e competitividade empresarial.

 

A ISO 14001 E SUA EVOLUÇÃO

pra que serve iso 14001

 

Para acompanhar o ritmo dinâmico das empresas e mantê-las competitivas frente às exigências do mercado, todas as normas ISO passam por revisões periódicas para incorporar mudanças. Até os dias atuais, a norma ISO 14001 teve três versões publicadas, sendo:

1996 primeira versão da norma, com o objetivo de definir critérios para implantação do Sistema de Gestão Ambiental e gerenciamento dos impactos ambientais das atividades das organizações;

2004 revisão e atualização de conceitos e definições. O grande destaque dessa versão é o conceito de desempenho ambiental.

2015 a nova versão da ISO 14001, publicada em setembro de 2015, tem como destaques: o alinhamento da Gestão Ambiental à estratégia da empresa, a gestão de riscos e a busca pela maior compatibilidade com as demais normas ISO.

 

O que altera na ISO 14001 com a versão 2015?

 

Iniciado em 2012, o processo de revisão da norma ISO 14001 teve como base o documento chamado Anexo SL, que fornece uma estrutura única para todas as normas do Sistema de Gestão, permitindo harmonizar e simplificar a integração entre todas as normas de Sistema de Gestão. Em linhas gerais, as mudanças estão relacionadas:

  • Ao entendimento do contexto da organização, às necessidades e às expectativas das partes interessadas;
  • À consideração de uma perspectiva de ciclo de vida;
  • À ênfase em uma abordagem de riscos;
  • À liderança como papel central para o alcance dos objetivos do sistema de gestão;
  • Ao destaque para o fortalecimento do desempenho ambiental da organização, por meio da melhoria contínua do Sistema de Gestão Ambiental.

 

Principais mudanças

 

Estrutura de Alto Nível (Anexo SL)

Estruturação única para todas as normas ISO sobre requisitos de sistemas de gestão, facilitando a integração dos sistemas e otimizando os processos da organização, veja um comparativo:

 

Estrutura de Alto Nível – Anexo SL Estrutura ISO 14001:2004
Introdução Introdução
Escopo Escopo
Referências normativas Referências normativas
Referências normativas Termos e definições
Contexto da organização Requisitos do Sistema de Gestão Ambiental
Liderança
Planejamento
Apoio
Operação
Avaliação de desempenho
Melhoria

 

Direcionamento Estratégico

 

Entender a organização e seu contexto e quais as necessidades e expectativas das partes interessadas é outra mudança, ligada ao direcionamento estratégico do SGA.

O objetivo dessa mudança é refletir práticas empresariais mais modernas e utilizar algumas técnicas, como a aplicação de uma matriz SWOT a fim de alinhar todas as diretrizes estratégicas da organização.

Leia o artigo O que significa SWOT e o que ela pode fazer pelo seu negócio?, e conheça essa ferramenta de gestão do planejamento estratégico.

 

Liderança

Visto que é necessária a integração da gestão ambiental com os processos corporativos e com o ambiente de negócios da empresa, a Liderança também ganha destaque evidenciando a necessidade do comprometimento de todos da empresa, principalmente da liderança da empresa com os resultados encontrados.

 

Desempenho Ambiental

A versão atualizada da ISO 14001 tem uma maior preocupação no gerenciamento dos aspectos ambientais durante o ciclo de vida do produto ou serviço da organização. E ainda o foco principal é a melhoria do desempenho ambiental e não a melhoria do desempenho do sistema de gestão, assim, a análise ocorrerá com mais ênfase as reais reduções de emissões, efluentes e resíduos que a empresa obteve com a implementação do SGA.

 

Documentos

Uma grande mudança com vistas a evitar dúvidas, garantir a correta interpretação dos requisitos e acompanhando a estrutura de alto nível, é a simplificação da linguagem, onde os atuais controles de documentos e controle de registros serão agora considerados como Informação Documentada, garantindo mais agilidade e controle sobre todas as informações relevantes para a empresa.

 

Já era certificado na ISO 14001:2004, como me atualizar?

Desde a publicação da nova versão da ISO, todas as empresas que vem sendo certificadas na versão atual da norma.

Já as organizações que possuem a versão anterior da ISO 14001, terão até setembro de 2018 para fazer as devidas adaptações.

Vale lembrar que o tempo médio de implementação gira em torno de seis meses, com variações de tempo de acordo com o tamanho e tipo de empreendimento. Sendo assim, esteja atento ás datas e procure por uma consultoria ambiental ISO 14001 para não correr riscos de perder o selo de gestão ambiental.

Diante de todas essas mudanças, é importante enfatizar que para que é de fundamental importância que Alta Direção participe de forma direta e ativa da gestão ambiental da empresa e seja capaz de entender o valor estratégico dos indicadores ambientais, conferindo, consequentemente, importância ambiental aos indicadores estratégicos.

Interessado em conhecer mais? Dispomos de um e-book da ISO 14001 para download grátis, que aborda os principais itens desta norma, ACESSE.

 

IMPLANTAÇÃO DA ISO 14001 – Passo a Passo

 

Uma gestão ambiental eficaz torna-se mais fácil com o envolvimento de toda a sua empresa, para tal, inicialmente pode-se fazer um roteiro, baseado no ciclo PDCA e na própria norma, com um Planejamento dos objetivos e processos necessários de acordo com a política ambiental da organização, Execução dos processos, Verificação por meio de monitoramento e medição de acordo com os objetivos e metas, e Ação contínua de melhoria do SGA. Atrelado a este roteiro, a implantação da ISO 14001 deve seguir os passos abaixo:

  • Comprometimento e apoio da alta direção;
  • Envolvimento de toda a empresa, oferecendo boa comunicação interna;
  • Comparação dos seus sistemas de qualidade existentes com os requisitos da norma ISO 14001;
  • Obtenção de feedback do cliente e do fornecedor sobre a gestão ambiental atual;
  • Estabelecimento de uma equipe de implementação;
  • Mapeamento e compartilhamento de funções, responsabilidades e prazos;
  • Adaptação dos princípios básicos da gestão da ambiental para o seu negócio;
  • Estimulação da participação da equipe por meio de treinamentos e incentivos;
  • Incentivo aos integrantes da equipe a se tornarem auditores internos para fins de compartilhamento de conhecimento sobre a ISO 14001;
  • Revisão regular do sistema ISO 14001 para se garantir a melhoria contínua.

 

Para saber mais, acesse o artigo: Conheça o passo a passo da implantação ISO 14001.

 

COMO A VERDE GHAIA PODE AJUDAR COM A CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL?

 

A Consultoria Verde Ghaia, referência em todo o Brasil, atende com serviços de auditoria, consultoria e levantamento de aspectos e impactos ambientais, e também dispõem de uma consultoria de ISO 14001 on-line para facilitar e agilizar a implantação do seu sistema de gestão e a conquista da certificação.

 

pra que serve iso 14001

 

De um jeito simples e muito mais econômico, com a Consultoria On-line Verde Ghaia sua empresa tem a mesma qualidade do serviço tradicional, com o custo até 60% mais baixo e a flexibilidade que atende à sua realidade, sem custos de deslocamento de consultores e sem interferir nas rotinas da sua organização. Este serviço é oferecido para qualquer norma internacional.

 

FAÇA O DIAGNÓSTICO GRATUITO
Além disso, você sabia que a Verde Ghaia conta com uma ferramenta que pode ajudá-lo no controle dos resíduos que sua empresa produz? Com o Mercado de Resíduos, é possível gerenciá-los e alinhar o software aos sistemas da ISO.

Compartilhe

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!