Verde Ghaia Consultoria Online

O que a norma ISO 20400 diz sobre compras sustentáveis?

Hoje os consumidores estão mais exigentes e mais preocupados com as questões sociais e ambientais. Por isso, valorizam comprar de empresas que adotem a sustentabilidade como norte de suas estratégias.  E quando falamos em sustentabilidade não é apenas em relação ao respeito ao meio ambiente seguindo as legislações necessárias. Isso é de extrema importância, mas também sustentabilidade remete à responsabilidade social e à preocupação econômica.

Quanto a questão econômica, as compras assumem um papel importantíssimo na sustentabilidade empresarial, porque geralmente elas compõem uma parte substancial do orçamento de um negócio. Dessa forma, o que uma organização compra, de quem compra e como usa os bens e serviços comprados pode ter uma enorme influência em tudo, desde o desempenho e o bem-estar dos seus colaboradores até a reputação e as relações com as partes interessadas, incluindo principalmente seus consumidores.

Daí vem a importância de se pensar em novas formas de comprar. Se as decisões de compra afetam a organização, a sociedade, a economia e o meio ambiente, e pelas mudanças que vem ocorrendo com os próprios consumidores por se tornarem mais conscientes e exigentes, por que não adotar as compras sustentáveis na sua empresa garantindo muito mais eficácia, pragmatismo, consistência e eficiência para a sua gestão financeira?

Ou seja, por que não incorporar as recomendações expostas na Norma ISO 20400 para que as empresas incorporem a sustentabilidade na realização das compras das organizações? Você ainda não conhece essa norma ou sabe pouco sobre compras sustentáveis?

Então continue a leitura desse artigo que vamos explicar tudo para você, e também mostrar o quanto de benefícios você e sua organização podem ter ao comprar de forma sustentável.

O que são compras sustentáveis?

De acordo com o próprio site da International Organization for Standardization (ou ISO, na tradução em português) compra sustentável é “o processo de tomada de decisões de compras que atendam às necessidades de uma organização para bens e serviços de uma forma que beneficie não só a organização, mas a sociedade como um todo, minimizando seu impacto no meio ambiente. Isto é conseguido assegurando que as condições de trabalho dos funcionários e de seus fornecedores sejam decentes, que os produtos ou serviços adquiridos sejam sustentáveis, sempre que possível, e que questões socioeconômicas, como a desigualdade e a pobreza, sejam tratadas”.

A ideia então de uma compra sustentável é que sejam integrados elementos ambientais em todas as etapas do processo de compra evitando aquisições desnecessárias, de forma que a compra esteja alinhada às necessidades da empresa.

A compra sustentável não é uma “bandeira” ou “marketing positivo”, mas na realidade representam ganhos reais para as organizações, proporcionando opções de escolha mais inteligentes tanto do ponto de vista financeiro quando dos impactos ambientais e sociais. Ela vem se tornando cada vez mais estratégica para as empresas ao garantir melhor reputação, vantagem competitiva, aumento da produtividade, otimização dos custos e estímulo à inovação do mercado.

A fim de regulamentar esse tipo de compra e para oferecer mais informações sobre as práticas recomendadas para as compras sustentáveis, foi elaborada a Norma ISO 20400.

O que são compras sustentáveis?

A Norma ISO 20400 é a primeira norma criada para regulamentar as compras sustentáveis, que funciona em âmbito internacional e recomenda as melhores práticas que as empresas devem adotar para garantir aquisições ambiental e socialmente responsáveis, integrando a sustentabilidade em seus processos de compras.

Segundo o que a própria ISO define, esta norma fornece diretrizes para integrar a sustentabilidade nos processos de compras de uma organização. A norma abrange também várias fases do processo de adjudicação, definindo os passos necessários para integrar a responsabilidade social na função de compra.

A ISO 20400 destina-se a organizações de todos os tamanhos, tanto no setor público como no privado, pois se aplica a praticamente todas as decisões de compra de material de escritório, fornecedores de energia, materiais de construção e muito mais. Mas ela é dirigida aos principais gestores e diretores da função de compras, cobrindo os aspectos políticos e estratégicos do processo de compra, como alinhamento dos contratos com os objetivos e metas de uma organização e criação de uma cultura de sustentabilidade.

Importante atentar para o fato de que a ISO 20400 fornece diretrizes, não requisitos. Por conseguinte, não se destina a fins de certificação. Além disso, a ISO 20400 trata-se de uma aplicação setorial da ISO 26000 – Diretrizes sobre Responsabilidade Social, que complementa, centrando-se especificamente na função de compra.

Como bem explicado no próprio site da ISO, a compra sustentável é um aspecto fundamental da responsabilidade social, e a ISO 26000 foi a base da ISO 20400, nos mesmos princípios e assuntos centrais dos direitos humanos, práticas de trabalho e práticas comerciais justas. Por isso, a ISO 20400 ajuda aqueles que trabalham em compras a integrar os princípios de responsabilidade social descritos na norma ISO 26000 no processo de compra.

Princípios e diretrizes da Norma ISO 20400

A ISO 20400 define os princípios de compras sustentáveis, incluindo a prestação de contas, a responsabilidade, a transparência, o respeito pelos direitos humanos e o comportamento ético, e destaca considerações-chave como a gestão de riscos e a definição de prioridades. Para assegurar todos esses aspectos, essa norma da ISO indica diretrizes para aliar os conceitos de sustentabilidade à estratégia organizacional e integrá-los às políticas de compras da empresa.

Essa padronização dos princípios e diretrizes estipulados pela norma são para todos aqueles que trabalham em compras externas e internas, tais como fornecedores, empreiteiros, compradores e autoridades.

Como ser uma organização sustentável

 Já vimos que hoje está cada vez maior a exigência do próprio mercado em demonstrar preocupação e respeito com o meio ambiente e com uma maior responsabilidade social, e que já existe uma norma internacional recomendando as melhores práticas para que uma organização integre a sustentabilidade em suas estratégias de compra. Mas, como na prática fazer compras sustentáveis? Como ser uma organização sustentável com base na norma ISO 20400?

Por exemplo, nas compras sustentáveis é importante considerar se o produto tem como características um menor uso dos recursos naturais, uma redução de materiais tóxicos ou perigosos, uma maior vida útil, um menor consumo de energia ou água em sua produção e/ou utilização, uma maior possibilidade de reciclagem ou de utilização e se gera menos resíduos. Claro que nem todos os produtos vão atender a todos estes pontos, mas estes pelo menos já são alguns indicativos de estar comprando de forma sustentável.

Recomendações da norma ISO 20400

  • Examinar sua cultura de compra: como você compra e de quem você compra? Quanto controle você tem sobre os riscos de seus fornecedores, como ruptura de estoque? Suas demandas de seus fornecedores são realistas?
  • Conhecer sua cadeia de suprimentos, avaliando o custo da cadeia de suprimentos em sua organização: que proporção de sua receita vai para pagar fornecedores? Você conhece seu impacto social e ambiental?
  • Pensar estrategicamente: considere os riscos e oportunidades de trabalhar mais de perto com seus principais fornecedores, durante todo o ciclo de vida.
  • Receber o apoio da alta gerência: assegure-se de que os principais tomadores de decisão e influenciadores estão conscientes dos benefícios, oportunidades e possíveis consequências da implementação de compras sustentáveis em sua organização.

Ao comprar de forma sustentável, fique atento às recomendações da norma ISO 20400 para realmente gerar benefícios para a sua organização, para o meio ambiente e para a sociedade. Exija sempre que a legislação seja cumprida e verifique a regulamentação sobre a procura de serviços e produtos, e estimule também que seus parceiros, tais como tais como fornecedores, empreiteiros, compradores e autoridades, ofereçam e comprem também produtos e serviços responsáveis no âmbito ambiental e com preços competitivos, incentivando-os a fazerem a reciclagem e coleta de produtos usados e analisarem os impactos dos seus serviços.

Faça o teste, comece a implementar os princípios e as diretrizes e princípios da norma ISO 20400 em sua organização e já veja a diferença em seus resultados ao incorporar a sustentabilidade na realização das suas compras, reduzindo assim seu impacto no meio ambiente e demonstrando responsabilidade social em suas ações.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!