Verde Ghaia Consultoria Online

O que faz um Gestor Ambiental? O que ele precisa saber?

Você sabe dizer o que faz um gestor ambiental? Esse é um dos profissionais mais importantes dentro de uma organização, pois tem sob sua responsabilidade um trabalho complexo e que influencia diretamente o meio-ambiente. Por isso, ser um gestor ambiental não é uma tarefa fácil, e ele precisa ser valorizado. No entanto, para ser um bom gestor, é preciso conhecer bem a sua área de trabalho e adquirir algumas habilidades específicas.

Neste artigo, vamos discutir sobre o que faz um gestor ambiental e explicar como funciona o seu trabalho, quais são suas principais preocupações e como ele faz a diferença dentro de uma empresa. Boa leitura.

O que faz um gestor ambiental?

Um gestor ambiental tem como principal função monitorar o uso dos recursos naturais dentro das empresas, buscando sempre reduzir os impactos ambientais que são resultado da exploração do homem. Quando se pensa sobre o que faz um gestor ambiental, entende-se que ele atua de acordo com as áreas da gestão ambiental que, por sua vez, é dividida em econômica, social e ambiental.

As principais atividades do gestor ambiental são a de planejar, gerenciar e também diagnosticar os impactos que uma determinada organização pode causar na natureza, tentando sempre prever e evitar catástrofes e abusos. Sendo assim, faz parte das tarefas diárias de um gestor o monitoramento da emissão de poluentes na atmosfera, do consumo de energia da organização e o acompanhamento do tratamento de esgoto realizado por ela.

Já quando se fala sobre o que faz um gestor ambiental dentro da área de licenciamento ambiental, a principal função do profissional é monitorar as normas, requisitos e leis e verificar a sua implantação dentro da empresa. Por isso, ele precisa ter um conhecimento técnico específico, realizar um bom curso de capacitação e se manter sempre atualizado, uma vez que essas normas são publicadas e alteradas diariamente em diferentes esferas.

Além disso, o gestor ambiental é o responsável direto pela análise de riscos das organizações e empreendimentos ao meio ambiente, e deve auxiliar nos procedimentos necessários para o licenciamento. Ele pode auxiliar propondo projetos relacionados ao gerenciamento de resíduos e também implementar um SGA (Sistema de Gestão Ambiental) que seja eficiente e permita a tomada de decisão.

Qual a importância do gestor ambiental para as organizações?

Baseando-se em o que faz um gestor ambiental, é preciso ressaltar a sua importância, uma vez que o gestor é o responsável por conscientizar a sociedade sobre os desastres ambientais e o mau uso dos recursos naturais. Além disso, é através dele que os impactos ambientais são diminuídos, e transformados em uma utilização positiva e produtiva da natureza.

Por fim, se pensarmos sobre o que faz um gestor ambiental, vamos descobrir que ele é um verdadeiro representante do meio ambiente e das práticas legais de uso dos recursos naturais. E, para um trabalho que claramente não é fácil, o gestor pode ser considerado um verdadeiro salva-vidas das questões naturais.

O que o gestor ambiental precisa saber para fazer um bom trabalho?

Dada a importância sobre o que faz um gestor ambiental, pode-se afirmar que existe muita responsabilidade em suas mãos. Por isso, o gestor precisa saber fazer um bom trabalho e, para isso, precisa das seguintes habilidades:

  • O profissional de gestão ambiental precisa ter equilíbrio para saber tomar decisões complexas o tempo todo;
  • Ele precisa saber lidar com as pessoas e com a mídia;
  • O gestor ambiental precisa entender a importância do meio ambiente e saber lidar também com ele;
  • O gestor de meio ambiente precisa ser muito transparente, pois está ligado diretamente ao maior responsável pelos desastres ambientais, o que significa que seu trabalho gera impacto em milhares de vidas;
  • Por fim, para ser um bom gestor de meio ambiente é essencial se manter atualizado, principalmente no que se diz respeito às normas de tratamento do meio ambiente para empresas.

Quais são as áreas de atuação para um gestor ambiental?

O mercado de trabalho para o gestor de meio ambiente é bastante amplo e oferece oportunidades em empresas privadas, organizações não governamentais, órgãos públicos e terceiro setor. O maior benefício da área de gestão ambiental é que qualquer empresa pode contratar um profissional desse âmbito, independente dos seus objetivos.

Isso acontece por conta da nova onda de sustentabilidade, que afeta bastante a visibilidade dos empreendimentos. Veja, a seguir, quais são as principais áreas de atuação para o profissional formado em gestão ambiental:

  1. Recuperação de áreas degradadas ou em degradação: Envolve realizar saídas de campo, a fim de investigar áreas contaminadas, desmatadas ou desmatadas, vítimas de desastres naturais. Então, o gestor deve elaborar relatórios sobre a situação dessas áreas e criar programas de recuperação da biodiversidade.
  1. Educação: Envolve a criação de programas de conscientização, mostrando a importância da preservação da natureza e do meio ambiente. O gestor deve implementar e coordenar esses programas, que podem ser voltados para escolas, empresas ou para a população no geral.
  1. Certificação: Envolve trabalhar com processo de licenciamento e legislação ambiental, sendo o gestor o  profissional responsável por controlar e atualizar as empresas sobre as licenças exigidas pela lei.

A migração da norma ISO 14000, por exemplo, pode ser orientada por um profissional dessa área. Ele será responsável por adequar os procedimentos de implantação, oferecer a certificação, realizar treinamentos para a equipe, fazer a verificação da norma e acompanhar os avaliadores.

  1. Geoprocessamento: Envolve o tratamento de dados e informações geográficas através da utilização de programas específicos, como o SIG, Sistema de Informação Geográfica.

Os dados são usados para a elaboração de projetos de ocupação humana, gerenciamento urbano, rede de infraestrutura, gestão de bacias hidrográficas, monitoramento de áreas de preservação, elaboração de estudos de impacto ambiental, diagnósticos ambientais e mapeamento de vegetação.

  1. Extração dos recursos naturais: Envolve acompanhar o processo de exploração dos recursos (pedras, água, petróleo, minérios). A função do gestor é a de garantir que as técnicas utilizadas sejam as mais adequadas possíveis, gerando menos impacto ao meio ambiente. Além disso, o gestor ajuda a reverter possíveis danos causados.
  1. Elaboração de políticas públicas: Por fim, o gestor pode atuar em órgãos públicos para compor equipes que se encarregam de definir as políticas públicas que visam a recuperação do meio ambiente.

Portanto, agora você já sabe o que faz um gestor ambiental e entende a sua importância de atuação para o meio ambiente.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!