Verde Ghaia Consultoria Online

O que toda empresa precisa saber sobre a Norma Regulamentadora – NR 23?

Para manter a segurança de seus funcionários e de todas as pessoas que frequentam a sua empresa por qualquer razão, é importantíssimo que você conheça as normas regulamentadoras, e saiba tudo sobre NR 23. Essas são regras que devem ser seguidas, e que precisam ser cumpridas para que a empresa atue dentro da legalidade. Essas normas surgiram na década de 70, e até hoje são amplamente utilizadas.

A NR 23 atua diretamente dentro das diretrizes da CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas. Elas atuam com o compromisso de garantir a Segurança e Medicina do Trabalho, verificando se a empresa cumpre com os requisitos mínimos para integridade física e psicológica de seus frequentadores. No total, existem quase 40 NRs – Normas Regulamentadoras – que precisam ser aplicadas, e devidamente conferidas através de auditoria. A NR 23 é aquela que diz respeito às normas e estratégias de prevenção e combate a incêndios. Ela é obrigatória para todas as empresas, e quem não cumpre não somente fica sujeito as penalidades cabíveis, como também pode ter o espaço interditado, impedindo assim a sua atuação profissional.

O que diz a norma regulamentadora – NR 23?

Saber tudo sobre NR 23 é essencial. Uma empresa que deseja atuar dentro da legalidade, e que, acima de tudo, preza pela qualidade de seus serviços, e se importa com o bem-estar e a segurança dos frequentadores – sejam eles clientes, fornecedores ou funcionários – precisa cumprir com essa regra. Para isso, a empresa precisa cumprir com os seguintes pontos, que estão dispostos na norma, e que são essenciais para o bem-estar de todos:

  • Proteção contra incêndio;
  • Saídas suficientes para a rápida retirada do pessoal em serviço, em caso de incêndio;
  • Equipamento suficiente para combater o fogo em seu início;
  • Pessoas treinadas para o uso correto desses equipamentos.

Cada um desses pontos atua de uma maneira diferente para assegurar que a empresa ofereça proteção aos seus funcionários e também à população que está ao redor. Vamos entender melhor cada tópico da NR 23.

Quais regras a empresa deve seguir da NR 23?

Como você já pode entender, saber tudo sobre a NR 23 não é uma escolha, mas sim uma obrigação da empresa. Existem conferências que são realizadas por auditores e técnicos especializados, que visa conferir se realmente todos os tópicos estão sendo cumpridos.

1 – Proteção contra incêndio: É preciso dispor de proteções contra incêndio capazes de sinalizar a existência de fumaça e riscos em todos os ambientes da empresa. Uma das formas de aplicação é através dos alarmes, que também são obrigatórios em outros ambientes de uso público, como hotéis, casas de shows etc.

2 – Saídas de emergência: As saídas de emergência precisam estar estrategicamente posicionadas, de modo que sejam rapidamente localizadas e comportem a quantidade de pessoas que precisam evacuar o ambiente em caso de emergência.

A sinalização luminosa do aviso de saída é fundamental, uma vez que, diante de um iminente incêndio, o local pode ficar completamente escuro, demandando assim desses pontos de luz para indicar o local de saída.

3 – Equipamentos de combate ao incêndio inicial: A existência de extintores de incêndio é essencial. Eles precisam estar posicionados em locais de fácil localização, e precisam também estar posicionados nos pontos onde existe menor possibilidade de o fogo impedir o alcance do objeto.

É preciso que haja comunicação referente a existência dos extintores, tais como placas, setas ou um círculo vermelho no chão. Tudo isso para que, diante de um acidente, eles possam ser localizados com maior facilidade.

4 – Pessoas treinadas: A brigada de incêndio deve ter instruções suficientes para fazer uso do equipamento, e serão os responsáveis por orientar as pessoas a respeito da contenção do fogo se alguma coisa acontecer.

Por que é importante ter uma Brigada de incêndio na empresa? 

Ter uma brigada de incêndio dentro da empresa é fundamental, e uma das normas mais importantes que compõem essa norma regulamentadora. Se trata de uma equipe treinada e preparada para conter o fogo e atuar como liderança de equipe diante de um problema dessa origem.

É importante ressaltar que independentemente do ramo de atuação, uma empresa sempre está sujeita a acidentes. Ainda que algumas sejam mais propensas a esses eventos, todas precisam se precaver. Saber tudo sobre NR 23 é apenas um dos passos para garantir a segurança do ambiente. A existência de uma brigada de incêndio, sobretudo em ambientes onde haja produtos inflamáveis, utilização de fogo e gás, é fundamental!

5 – Funcionários treinados: A brigada de incêndio é formada por funcionários que se alistam voluntariamente ao cargo. Eles recebem preparo especial para lidar com situações emergenciais, e são treinados para uso dos equipamentos de contenção e fogo inicial.

Ressaltamos, no entanto, que a existência de uma brigada de incêndio, ou saber tudo sobre NR 23, não exclui a necessidade de acionamento imediato do corpo de bombeiros caso ocorra um foco de incêndio!

Como se deve comportar em caso de incêndio?

A brigada de incêndio será responsável por orientar todas as pessoas da empresa a respeito de como se comportar em caso de incêndio. E são instruções simples, que podem salvar vidas em uma emergência como essa.

6 – Mantenha a calma: Para começar, todos no ambiente devem manter a calam. Esse é um ponto de partida para que consigam evacuar o ambiente sem tumulto e sem problemas maiores.

7 – Caminhar para a saída: Todos devem caminhar para a saída, com pressa, mas sem correria, de maneira organizada para evitar quedas. É importante que as pessoas sejam orientadas a prestar suporte para outras que sejam debilitadas.

8 – Procurar os equipamentos de segurança: A equipe brigadista deve procurar pelos equipamentos de segurança somente depois da evacuação, ou se eventualmente o fogo estiver obstruindo a saída. É preciso garantir a segurança de todos em primeiro lugar! Seguindo todas essas normas as chances de o acidente não atingir proporções trágicas são muito maiores. É importante que cada pessoa no local seja orientada, e receba auxílio para lidar com a situação!

Saber sobre NR 23 é um dos passos mais essenciais para que a empresa atue dentro da legalidade, e que garanta a segurança das pessoas. Também acaba se tornando um diferencial competitivo, uma vez que os clientes se sentem muito mais confortáveis em ambientes claramente seguros.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!