VG Consultoria Online

Gerenciamento de perigos e riscos na saúde e segurança do trabalho

Gerenciamento de perigos e riscos na saúde e segurança do trabalho
5 (100%) 3 votos

Um dos requisitos mais relevantes da OHSAS 18001:2007 é o gerenciamento de perigos e riscos, criado para evitar acidentes ou causas de acidentes durante a rotina os colaboradores ou em ocasiões excepcionais. A realização deste item de maneira satisfatória contribui para o futuro seguro tanto da empresa quanto da equipe de funcionários.

 

gerenciamento de perigos e riscos na saude e segurança do trabalho

 

Com o passar dos anos as leis concernentes a saúde e segurança do trabalhador têm se tornado cada vez mais rigorosas. Nesse sentido, implantar o gerenciamento de perigos e riscos visando a proteção do colaborador tornou-se uma obrigação das organizações que queiram manter-se corretamente diante da legislação e que também compartilham em seu estatuto, valores ligados à saúde e segurança da sua equipe.

Provavelmente você já deve ter ouvido falar, pelo menos uma vez, algum caso de acidente de trabalho. As chances desse episódio ter ocorrido em uma obra da construção civil são muito grandes. Isso porque segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o ramo da construção civil é o setor onde mais apresenta risco ao trabalhador.

Para minimizar casos de acidentes como esses, a Organização Internacional de Normatização (ISO) traz a norma OHSAS 18001 focada na Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional. Assim como a ISO 9001 e a ISO 14001, essa é mais uma norma passível de certificação, ou seja possibilita às empresas a aquisição do selo.

Um dos principais requisitos da OHSAS 18001 é o gerenciamento de perigos e riscos que uma empresa pode proporcionar ao colaborador. A norma estipula a listagem de todos as ações ou itens da empresa que possam ser classificadas em um destes dois termos. Mas qual a diferença entre o conceito de perigo e risco?

 

Significado de Perigo e Risco segundo a OHSAS 18001

 

seguranca no trabalho

 

Perigo

No requisito 3 da OHSAS 18001:2007 define Perigo como:

Fonte, situação ou ato com potencial para o dano em termos de lesões, ferimentos ou danos para a saúde ou uma combinação destes.

Ou seja, em termos mais simples o termo perigo refere-se a fonte geradora do problema.

  • Alguns exemplos: Andaime de uma construção, a atividade de carga e descarga de uma transportadora. As longas escadas na rotina diária de um pintor.

 

Risco

 

riscos no trabalho

 

Segundo a OHSAS 18001 o Risco é a Combinação da Probabilidade da ocorrência de um acontecimento perigoso ou exposição(ões) e da severidade das lesões, ferimentos, ou danos para a saúde, que pode ser causada pelo acontecimento ou pela(s) exposição(ões).

Em linhas gerais, podemos entender o risco como os “efeitos da fonte geradora”.

Utilizando-se dos exemplos citados no item perigo, fica mais fácil compreender o que significa risco.

  • Exemplos: Se o andaime é o perigo, a queda do colaborador deste espaço, seria classificado como o risco. No caso do pintor, se a escada é o perigo, o acidente com a escada seria denominado o risco.

Portanto, o Perigo é a fonte, situação ou Ato, enquanto o Risco é a probabilidade X Gravidade.

É importante destacar que muitos empresários veem a importância da OHSAS 18001 apenas como um instrumento para evitar acidentes no local de trabalho como a fratura de um braço ou situações mais graves. No entanto, o gerenciamento de perigos e riscos da OHSAS 18001 pode evitar problemas ou doenças devido as ações repetitivas realizadas ao longo dos anos. Citemos como exemplo o ato de digitar incorretamente que pode provocar lesões tanto na coluna quanto nas mãos.

 

Identificando os perigos e avaliando os riscos

 

gerenciamento de perigos e riscos na saude e segurança do trabalho

 

Para tornar o processo de identificação e avaliação o mais eficaz possível. É necessário que sejam observados e registrados tanto situações corriqueiras no ambiente de trabalho, quanto situações emergenciais ou atípicas. Nesse sentido, as operações como um todo da empresa precisam ser listadas e avaliadas.

Recomenda-se que neste processo avalie todas as fontes de perigos da organização, tanto aquelas que poderão proporcionar algum tipo de risco aos colaboradores ou pessoas presentes no ambiente.

Para compreender melhor a terminologia, as fontes de perigo são todas aquelas fontes que de alguma maneira apresentem risco ao funcionário ou as outras pessoas presentes no local.

Como explicado no tópico anterior, quando se avalia os processos dos riscos, consequentemente irá identificar os perigos. Tendo em vista, que o perigo é fonte geradora, e os riscos são os efeitos da fonte geradora.

Há locais de maior atenção no apontamento de perigo, como as das fontes de energia. Para cada empresa exige-se cuidados e atenções especificas devido a singularidade de cada negócio.

Uma importante dica é analisar os riscos segundo a severidade e probabilidade de ocorrência.

 

Melhoria contínua do Sistema de Saúde e Segurança Ocupacional

 

perigos e riscos construcao civil

 

Toda mudança na empresa deve levar em conta o sistema de gestão de Saúde e Segurança Ocupacional. Uma vez que deve ser observado se a mudança poderá apresentar algum perigo ou risco, segundo o levantamento que já foi realizado com implementação da OHSAS 18001.

Dessa maneira, o processo se tornará cada vez mais eficiente, evitando futuros problemas no SGSSO. Outra forma do aperfeiçoamento contínuo do sistema é a criação de novas listas de perigos e avaliação de riscos de tempos em tempos, segundo a necessidade dos processos da organização. A ideia é que as medidas de proteção se tornem cada vez mais minuciosas e eficientes no controle do perigos e riscos no local de trabalho.

 

Como criar o próprio sistema de gerenciamento de perigos e riscos?

A OHSAS 18001 oferece as diretrizes necessárias para a análise e levantamento dos perigos e riscos. Portanto, é possível seguir as orientações presentes na norma para implantar o gerenciamento. Todavia, os processos são bastantes minuciosos e exigem atenção extra para interpretação de possíveis ou futuras causas de acidentes.

Sendo assim, recomenda-se que o trabalho seja feito por um profissional habilitado que possua experiência na área. Uma vez que para a implementação da norma com o objetivo da conquista do selo, exige-se que cada um dos requisitos da OHSAS 18001 sejam atendidos corretamente.

Não apenas para contar com o sistema de gerenciamento de perigos e riscos, mas para andar em conformidade com a ISO e com a legislação em vigor, o acompanhamento de uma consultoria profissional é imprescindível.

A Verde Ghaia atua no ramo há 18 anos e conta com mais de duas mil empresas em sua lista de clientes. Para facilitar o processo de certificação, o grupo apresenta a consultoria online que promove a implementação com custos até 60% mais em conta que o processo tradicional.

Para entender melhor como a consultoria online Verde Ghaia pode auxiliar sua empresa, entre em contato com um de nossos consultores.
ENTRE EM CONTATO COM UM DE NOSSOS CONSULTORES

Compartilhe

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!