Sustentabilidade Empresarial - Como um negócio se torna sustentável?
Subir

Verde Ghaia Consultoria Online

“ESG”: como saber se o seu negócio é sustentável?

Considerando que a cada dia mais os consumidores e os investidores estão exigindo do mercado maiores responsabilidades e menores impactos socioambientais das suas atividades, o fator decisivo para o crescimento de uma empresa é a adoção de práticas visando a sustentabilidade empresarial.

Estas práticas sustentáveis dizem respeito à implementação de práticas de governança, sociais e ambientais na organização. Ou seja, correspondem a implantar ESG em uma empresa – ESG significa Environmental, Social and Governance ou em português Meio Ambiente, Social e Governança.

No blog da VG, você pode encontrar diversos artigos com vários exemplos da aplicabilidade de práticas ESG para uma empresa.

Mas agora, neste aqui, vamos mostrar a relação intrínseca da sustentabilidade com ESG e os benefícios da sua adoção. Essa relação significa incorporar realmente práticas sustentáveis no dia a dia empresarial (não se deixando enganar por greenwashing), envolvendo um compromisso de todos e um comportamento responsável das empresas ao longo de suas trajetórias.

Meio ambiente e sustentabilidade empresarial

            ESG. Através destas três letras é possível saber se uma empresa é saudável e lucrativa financeiramente e consciente a nível social e ambiental.

            No eixo ambiental (E) é analisado como a empresa atua na gestão ambiental e sua relação com os recursos naturais, incluindo a capacidade de mitigação de riscos1.

            No eixo Social (S), é verificado como a organização se relaciona com seus colaboradores, fornecedores e comunidades onde atuam, incluindo questões de saúde e segurança, visões e práticas sobre diversidade, direitos humanos e defesa do consumidor2.

            Por sua vez, o eixo governança (G) diz respeito às práticas de gestão empresarial referindo-se a políticas empresariais e de governança aplicadas3.

Como é possível perceber, ESG é sustentabilidade, porque assim como esse conceito, ESG está ancorado nos pilares ambientais, sociais e econômicos. Por isso, para ser sustentável uma empresa precisa ter responsabilidade e comprometimento em suas atividades no que se refere à conservação do meio ambiente e do respeito à sociedade como um todo.  E essa responsabilidade e comprometimento vem da adoção de práticas ESG em seu dia a dia.    

Atenção! Antes de continuar saiba o que é Greenwashing

Quando falamos em implantar ESG em uma empresa, em adotar práticas sustentáveis, existe um termo que chama a atenção para algo importante: greenwashing.

Greenwashing basicamente se refere às empresas que fingem ser sustentáveis. E está em alta no mundo dos negócios e investimentos, porque os investidores estão atentos e querem investir seu dinheiro em mercados com maior potencial de crescimento e menores riscos – que é o contrário do que acontece com quem pratica o Greenwashing.

sustentabilidade empresarial

Ilustrando o Greenwashing, é como se você tivesse um carro já bem rodado, com pintura que já descascou, escapamento enferrujou e na hora de vender você muda a quilometragem ilegalmente e pinta onde aparece que está velho só para disfarçar. Quem vê o carro, pode até pensar que ele está bem cuidado. Mas é tudo mentira.

Assim são as empresas que praticam Greenwashing. Elas se dizem sustentáveis, responsáveis com o meio ambiente, com a sociedade, com seus colaboradores, mas tudo não passa de uma “maquiagem verde”. É tudo superficial, sem métricas reais, sem impactos positivos verdadeiros e não existe, de fato uma sustentabilidade empresarial.

E como saber se uma empresa está praticando Greenwashig? 4

Existe dois sinais para ficar de olho, para identificar se uma organização finge adotar práticas sustentáveis ou não:

  1. A sustentabilidade deve estar ligada à estratégia da empresa: quando existe um departamento de meio ambiente/SMS/sustentabilidade responsável por essa agenda dentro da companhia, é importante verificar a quem ele está subordinado. Se for ao setor de marketing, relação com investidores ou recursos humanos, é preciso ter atenção, porque a sustentabilidade deve ser uma área transversal ou ligada a setores operacionais;
  • A sustentabilidade deve estar conectada aos processos e produto da empresa. Então, quando a comunicação e posicionamento da empresa sobre sustentabilidade não estão ligados ao negócio da organização, também é preciso ter atenção.

            Tenha sempre em mente estes dois pontos quando for analisar uma companhia. Assim será possível identificar se realmente ela se preocupa em causar impacto socioambiental positivo e se mantém uma gestão empresarial forte e comprometida com seus propósitos. Ou se infelizmente está só maquiando suas verdadeiras intenções.

            E o contrário? Como identificar que a sustentabilidade é verdadeiramente uma prioridade estratégica para a empresa?

Para ver exemplos práticos de aplicabilidade de indicadores ESG em uma empresa, então leia este artigo (colocar link para texto 01 que enviei recentemente – “Exemplos práticos de indicadores ESG”). Nele são apresentados exemplos de cada um dos pilares ESG, que na mesma medida podem ser consideradas práticas de sustentabilidade.

Lembrando que cada companhia pode destacar um pilar ESG ou outro dentro de suas atividades. Mas o importante é que todos sejam considerados de forma que os temas ambientais e sociais façam parte da cultura da companhia e do dia a dia dos colaboradores, fornecedores e outros stakeholders.

Benefícios da adoção dos princípios ESG

            Desde que não existam práticas de Greenwashing, o compromisso real com a sustentabilidade dentro de uma organização permite “impulsionar o negócio à inovação disruptiva, manter a coerência entre discursos e ações e, principalmente, aprimorar a liderança, colaboração e transparência”5.

Ou seja, implantar a sustentabilidade empresarial – ESG em uma empresa traz inúmeros benefícios, já que ele funciona como uma métrica que avalia o desempenho das empresas nas áreas ambiental, social e também econômica.

            Seguir os princípios ESG aumenta por exemplo o investimento socialmente positivo e a competitividade a longo prazo, pois já é realidade hoje que os investidores e consumidores valorizam as empresas que têm preocupações ambientais e sociais.

            Alguns outros benefícios de adotar princípios ESG são5;6:

  • Construção de uma marca corporativa mais forte, capaz de um ganho maior de valor de mercado, engajada em promover o desempenho sustentável;
  • Promoção de padrões mais rígidos de controle e conformidade, possibilitando até tornarem-se referências para todo seu ramo de atuação;
  • Melhoria da retenção e satisfação de talentos, porque o propósito social é fortalecido e é feito um alinhamento dos valores da empresa com os de seus colaboradores e sociedade;
  • A empresa fica muito mais atraente para investidores, aumentando a chance de captação de recursos;
  • Potencializa o aumento da receita;
  • Possibilita a redução de custos devido a uma melhor gestão de recursos naturais;
  • Melhoria da qualidade das decisões e eficiência dos processos;
  • Facilita a identificação de oportunidades estratégicas e possibilidades de mitigação de riscos;
  • Redução das intervenções regulatórias e legais, já que as empresas buscam o compliance e transparência para garantir processos justos que atendam à legislação;
  • Aumenta a resiliência da organização frente aos desafios socioeconômicos e ambientais.

Caso contrário, se em uma empresa a sustentabilidade for ignorada, não for levada a sério ou se pratica o Greenwashing, há riscos de danos à reputação, perda de profissionais e, em alguns casos, até a falência do negócio.

            Portanto, implantar ESG em uma empresa é essencial para que ela se mostre comprometida com uma agenda sustentável.

            Ficou interessado no assunto? Quer saber mais? Então entre em contato conosco para saber como podemos ajudar a sua empresa a implantar ESG.

Ele é altamente capacitado para entender as particularidades de cada um dos nossos clientes. E propor soluções eficientes para uma sustentabilidade empresarial de Alta gestão e com Alto Desempenho.


Referências

  1. https://www.verdeghaia.com.br/esg-parecer-sobre-as-questoes-ambiental/
  2. https://www.verdeghaia.com.br/esg-com-foco-em-responsabilidade-social/
  3. https://www.verdeghaia.com.br/esg-governanca-com-foco-em-transparencia/
  4. https://valorinveste.globo.com/blogs/naiara-bertao/post/2020/07/o-que-e-greenwashing-e-como-saber-se-voce-esta-se-deixando-enganar-por-ele.ghtml
  5. https://www.protiviti.com/BR-por/performance-empresarial/principios-esg
  6. https://www.verdeghaia.com.br/beneficios-da-adocao-dos-principios-esg/

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!