Verde Ghaia Consultoria Online

É possível alcançar sustentabilidade na construção civil?

É possível alcançar sustentabilidade na construção civil?
5 (100%) 2 votos

Sem sombra de dúvidas a construção civil é um dos setores essenciais para o bom funcionamento da economia do país. Todavia, embora ela apresente uma série de aspectos positivos, existem alguns problemas que a construção civil acarreta para a sociedade que são preocupantes, como a geração de resíduos.

Por isso se dá relevância de agregar sustentabilidade ao campo da construção. Os pontos positivos de empresas sustentáveis vão além de uma boa imagem perante o mercado e a sociedade. Se bem planejada, a organização poderá aumentar lucros, evitar passivos ambientais, além de reduzir as agressões ao meio ambiente.

Como agregar sustentabilidade à construção civil?

Atualmente, uma das exigências tanto do mercado quanto da população é a atuação das empresas em sintonia com o meio ambiente. Isso não quer dizer que as organizações não afetarão a natureza de alguma maneira, mas que esse impacto possa ser minimizado ao máximo possível.

Pensando nessa responsabilidade ambiental, selecionamos algumas orientações que podem auxiliar a sustentabilidade na construção civil, vejamos algumas delas:

1- Utilização de materiais de construção de baixo impacto ambiental, que poupam recursos naturais e que sejam mais duráveis. O custo pode ser mais elevado, mais tem retorno a longo prazo, pois exigem menos manutenção.

2- A gestão de resíduos deve abranger desde a etapa de construção até sua finalização. Os entulhos dos canteiros de obras são responsáveis por uma parcela significativa dos impactos causados pela construção civil no meio ambiente.

3- Planeje áreas que possam funcionar com iluminação natural, possibilitando minimizar o uso da iluminação artificial. Quando for necessária a iluminação artificial, opte por lâmpadas de baixo consumo.

4- Para diminuir o uso dos aparelhos elétricos para equilibrar a temperatura, uma boa dica é fazer o correto isolamento térmico para evitar perdas de calor no inverno e ganhos de calor no verão.

5- Ainda na questão da redução do consumo de energia elétrica; para refrigerar o ambiente, pode-se pintar as paredes com a cor branca que absorve apenas 20% do calor, mantendo assim o ambiente mais fresco.

6- A utilização de telhados verdes, uma técnica da arquitetura, que é a cobertura vegetal com gramas e plantas. Essa técnica facilita a drenagem da água da chuva, fornece isolamento acústico e térmico. Alguns empreendimentos estão utilizando esta área como um jardim suspenso.

7- Ter bicicletários nos edifícios residenciais e comerciais, incentivando o uso da bicicleta no meio urbano. Esse é um apoio à redução da poluição e do trânsito.

8- A utilização de energia renovável é uma boa maneira de reduzir custos. Alguns exemplos disponíveis no mercado são: coletores solares térmicos, painéis fotovoltaicos, mini-turbinas eólicas e cisternas de aquecimento a biomassa.

9- A reutilização de água é uma solução mais econômica e sustentável, pois irá diminuir o volume de água jogado nas vias públicas. Pode ainda colocar redutores de vazão de água para economizar água.

10-  Um empreendimento com ventilação adequada irá evitar que a umidade do ar afete o conforto dos moradores e reduza a necessidade de manutenção e

Estatísticas e normas da construção civil

Infelizmente ainda são realizadas no Brasil cerca de 50% de construções sem acompanhamento técnico de especialistas. E para completar esse dado, a fiscalização das obras pelas Prefeituras são realizadas de forma superficial.

Ainda ocorre de empreiteiros e construtores de pequeno porte não utilizarem de técnicas de reuso e reciclagem de materiais, ocasionando perda de insumos.

Felizmente, as pessoas estão ficando mais preocupadas com as questões ambientais e procurando cada vez mais construções sustentáveis. Em vista desta necessidade ambiental, existem as certificações e normas que visam as melhorias nas construções.

A Norma técnica da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) de Desempenho de Edificações 15.575, de 2013, traz diretrizes que estabelecem padrões para resistência e durabilidade da estrutura, pisos, coberturas, vedações e sistemas hidrossanitários para construções, proporcionando assim mais qualidade para o comprador, pois exige-se que a construtora utiliza materiais, equipamentos e mão de obra de melhor qualidade.

Esta norma traz um importante passo na questão da melhoria da gestão das obras, tornando-as mais eficientes e sustentáveis.

O setor da construção tem forte impacto no uso de recursos naturais, incluindo água e eletricidade. Por isso é importante que, tanto na fase de construção quanto na de uso, seu impacto ambiental seja reduzido ao mínimo possível.

Certificação ISO 14001 e a construção civil

Uma das formas de tornar sua empresa sustentável aplicando vários conceitos e práticas aceitos e exigidos pelo Mercado é a certificação na ISO 14001. Focada no sistema de gestão ambiental, ela é reconhecida dentro e fora do país elevando o nível de maturidade das organizações no que diz respeito às questões ambientais.

A certificação ISO 14001 proporciona uma série de vantagens para as organizações como a redução dos custos operacionais, a valorização da marca no mercado e a abertura de novas relações comerciais que exigem o selo para firmarem negócio.

Com mais de vinte anos de mercado, a Consultoria Online da Verde Ghaia pode auxiliar sua empresa em todo o processo de implementação da norma e dá garantia contratual de 100% de certificação, não apenas na ISO 14001, mas em todas as outras normas da ISO.

A partir da ISO 14001, as empresas relacionadas à construção civil poderão utilizar vários requisitos para melhorar a forma de construção, tornando as obras mais rentáveis e menos danosas ao meio ambiente.

Desafios da construção civil

São muitos os desafios para o setor da construção, como a redução e otimização do consumo de materiais e energia, diminuição dos resíduos gerados, preservação do ambiente natural e na melhoria da qualidade do espaço construído.

A construção e o gerenciamento do ambiente construído devem ser encarados dentro da perspectiva de ciclo de vida. Seguem mais algumas dicas para melhoria da sua obra:

  • Mudança dos conceitos da arquitetura convencional na direção de projetos flexíveis com possibilidade de readequação para futuras mudanças de uso e atendimento de novas necessidades, reduzindo as demolições;
  • Busca de soluções que potencializem o uso racional de energia ou de energias renováveis;
  • Gestão ecológica da água;
  • Redução do uso de materiais com alto impacto ambiental;
  • Redução dos resíduos da construção com modulação de componentes para diminuir perdas e especificações que permitam a reutilização de materiais.

A sua empresa pode contar com a Verde Ghaia para melhoria das obras realizadas, além da implementação das normas e certificações.

Caso seu negócio precise de auxílio profissional no gerenciamento de resíduos sólidos referentes à construção civil, entre em contato com a VG Resíduos e saiba mais.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!