Verde Ghaia Consultoria Online

Construções sustentáveis e a ISO 14001

Construções sustentáveis e a ISO 14001
5 (100%) 5 votos

Com o incentivo a sustentabilidade e a pressão da sociedade por organizações mais conscientes ecologicamente, as empresas do ramo da construção civil têm procurado formas de atuação menos agressivas ao meio ambiente, além da criação de construções cada vez mais sustentáveis.

Até porquê, além de trazer benefícios para o meio ambiente, proporcionam vantagens para a própria obra, que vão desde: aspectos sociais, até financeiros para a empresa.

A sustentabilidade no campo da construção é bem relevante, pois traz pontos positivos que vão além de uma boa imagem perante o mercado e a sociedade. Se bem planejada, a organização aumentará as receitas, evitará passivos ambientais, e reduzirá as agressões ao meio ambiente.

A história da construção sustentável

A construção que é voltada para conservação ambiental, reduz o máximo possível os resíduos e utiliza materiais e bens naturais com eficiência.

A ideia de trabalhar desse modo começou na década de 70, com o conceito que entrou em pauta com os arquitetos, com o intuito de amenizar a utilização de energia e procurar novas formas de materiais para as construções. A partir de então, o conceito de construção sustentável foi sendo levado mais a sério.

Na década de 90 o termo ganhou mais força internacionalmente e foram criadas alternativas mais econômicas e sustentáveis na construção civil.

A primeira convenção internacional sobre a construção sustentável aconteceu em 1997, na Finlândia, e no ano seguinte no Reino Unido. A partir daí lançou a primeira entidade de certificação de prédios sustentáveis, a BRREAM.

Outra entidade certificadora de construção sustentável é a United States Green Building Council (USGBC), que é a responsável pelo selo de construção verde mais respeitado no mundo, o certificado de Liderança em Energia e Design Ambiental (LEED).

No Brasil existe o Comitê GBC Brasil que fica em Barueri/SP. Ele é responsável pela certificação dos edifícios e construções no Brasil com certificação LEED.

Qual a posição do Brasil?

O Brasil ocupa o 4° lugar entre os que mais produzem prédios verdes no mundo, ficando atrás apenas dos EUA, China, Emirados Árabes.

As duas certificações ambientais mais utilizadas na construção brasileira, são:

LEED – Lidership in Energy and Environmental Design, emitido pelo United States Green Building Concil, e;

Processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental), implantada no país pela Fundação Vanzolini. Esta certificação que também é utilizada no Brasil é baseada na certificadora francesa HQE (Haute Qualité Environnemetale).

Certificação ISO 14001 e a construção sustentável

A Certificação ISO 14001 também é uma importante certificação por proporcionar uma série de vantagens para os empreendimentos como a redução dos custos operacionais, valorização do empreendimento no que tange a questão sustentável e a redução de passíveis ambientais.

A Consultoria Online Verde Ghaia, especialista no setor há 20 anos, pode auxiliar seu empreendimento a obter esta certificação desde o processo de implementação dos requisitos até a conquista do selo verde, não apenas na norma do sistema de gestão ambiental, mas em todas as outras da ISO.

Além de ser reconhecida e utilizada no mundo todo, a ISO 14001 estabelece elevado padrão de qualidade no que tange o sistema de gestão ambiental. A norma está alinhada a todas as leis e regulamentações obrigatórias que as empresas precisam cumprir e é pensada em assegurar não apenas o cumprimento legal das organizações, mas a permanência do bom faturamento e ótima rentabilidade do negócio

Quer ter uma casa ou prédio sustentável? Veja dicas aqui!

Para te uma empresa que gera construções sustentáveis, um dos itens necessários é a redução e otimização do consumo dos recursos naturais. Para isso deverá adotar medidas e mudar hábitos ultrapassados durante os processos.  Tanto a certificação na ISO 14001, quanto o auxílio da VG Resíduos poderão lhe auxiliar nesse caminho.

A VG Resíduos proporciona formas de realizar o gerenciamento de resíduos gerados de maneira a transformar o que antes era prejuízo em receita para o seu negócio. A partir do Software Mercado de Resíduos, cria-se canais de encontro entre empresas tratadoras e empresas geradora de resíduos.

Segue abaixo algumas dicas de uso de materiais recicláveis em construções sustentáveis:

janelas: para ter melhor aproveitamento da luz natural e também por mais tempo, economizando assim a energia elétrica da sua casa, é interessante colocar janelas grandes;

Madeira plástica: material parecido com a madeira tradicional, porém é feita de plástico reciclado. A vantagem é que é imune a pragas e não precisa de muita manutenção;

Solo cimento: é um produto resultante de um processo de mistura homogênea, compactada e curada de solo, cimento e água. Este produto é um material com boa resistência à compressão, bom índice de impermeabilidade, baixo índice de retração volumétrica e boa durabilidade”.

– Lâmpadas: prefira as lâmpadas fluorescentes, que são mais econômicas e duram por mais tempo. Economizando assim com a compra de lâmpadas e evitando desperdícios;

Concreto reciclado: é um produto feito de entulhos de obras, como: telhas e tijolos. Com isso, diminui o número de resíduos;

-Telhas Ecológicas: a variedade é grande, mas a principal é a feita de fibras naturais, que são fabricadas a partir de fibras de madeiras. É válido lembrar das telhas feitas de materiais reciclados: feitas de papel, asfalto e resina;

Descarga do vaso sanitário: instalando uma descarga econômica, evitará desperdícios de água. Estas descargas têm 2 botões, sendo: 1 para descarga de 3 litros (botão menor) e o outro botão para descarga de 6 litros;

Tanques pluviométricos: são tanques ou cisternas que coletam as águas de chuva e pode utilizar esta água nas situações que não exigem água potável, como no caso de regar o jardim e reutilizar na descarga dos vasos sanitários;

Bloco de Adobe: sua composição é a base de argila, areia, água, palha ou outras fibras naturais. Estes blocos são bem resistentes e é uma boa alternativa aos blocos tradicionais.

Existem centenas de outros materiais sustentáveis, como por exemplo: usar uma garrafa PET para fazer luminária ou até mesmo uma horta. A criatividade para construir com sustentabilidade criando um ambiente harmonizado entre a sociedade e o meio ambiente é o caminho certo a ser seguido.

A sua empresa pode contar com a Verde Ghaia para receber consultoria e orientações profissionais da nossa equipe para tornar as construções do seu empreendimento cada vez mais sustentáveis.

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!