VG Consultoria Online

Como é feito o cálculo de brigadistas de incêndio nas empresas?

Como é feito o cálculo de brigadistas de incêndio nas empresas?
5 (100%) 3 votos

Em qualquer tipo de empreendimento, seja ele comercial ou industrial, é necessário que os ocupantes estejam preparados para o início do combate ao foco do incêndio; além do abandono do local de forma correta e adequada.

Alguns fatores devem ser levados em consideração na hora de realizar o cálculo de brigadistas nas empresas visando à proteção da vida e do patrimônio, além de redução das consequências sociais do sinistro e danos ao meio ambiente. E neste contexto, a OHSAS 18001 contribui para precaver riscos e promover o bem estar dos funcionários.

Segurança do trabalho nas empresas

O conjunto de medidas implementadas nos ambientes de trabalho a fim de garantir a integridade física e psicológica dos funcionários e combater possíveis riscos ocupacionais ou ainda acidentes ocupacionais é denominado Segurança do Trabalho.

A importância dessa atividade dentro das empresas é tamanha, visto as estimativas de acidentes de trabalho registrados pelo Acidentômetro, que estima, por meio das Comunicações de Acidente de Trabalho (CAT), cerca de 1 acidente a cada 47 segundos. Somente no período de 2012-2016, foram registrados 3.305.708 CAT.

Dentre as medidas para combater os acidentes, tem-se a Proteção Contra Incêndios, regulamentada pela NR 23, as Instruções Técnicas do Corpo de Bombeiros (quando houver) e a criação de uma equipe de Brigada de Incêndio, calculada de acordo com a norma técnica da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT NBR 14276.

A brigada de incêndio  

Três aspectos são considerados básicos e triviais para garantir a segurança contra incêndios de uma edificação: Equipamentos dimensionados adequadamente de combate a incêndio; Manutenção que garanta o funcionamento dos equipamentos no momento necessário, e Pessoal Treinado, para que possa usar os equipamentos de forma eficiente e rápida no momento necessário.

A brigada de incêndio é um grupo organizado de pessoas, voluntárias ou não, treinadas e capacitadas em combate a incêndio e primeiros socorros para atuar quando necessário. Em casos de incêndio, a atuação da brigada ocorre na ordem apontada abaixo:

  1. Orientar, de forma coordenada, a saída das pessoas para um local seguro;
  2. Prestar os primeiros-socorros;
  3. Combater o foco do incêndio para proteger a vida humana;
  4. Avisar o Corpo de Bombeiros e mostrar quais são os pontos de maior risco, dando orientações gerais sobre o que for preciso.

Uma brigada de incêndio eficaz é aquela que está bem treinada e que conhece toda a edificação, os riscos nela contida e o plano de emergência.

Para que serve a Brigada de Incêndio?

A brigada de incêndio juntamente com outros grupos da empresa como a CIPA e demais equipes de segurança do trabalho realizam reuniões e estudos com vistas a analisar os ambientes, situações de acidentes já ocorridas e definir medidas de segurança para garantir a segurança do ambiente de trabalho contra possíveis acidentes envolvendo incêndios.

Quais atividades uma brigada de incêndio desempenha?

De modo geral, podem-se dividir as atividades da brigada em dois grupos principais de ações, o preventivo e o emergencial. As ações emergenciais são aquelas que ocorrem em casos da ocorrência de incêndios e, quanto às ações preventivas, tem-se:

  • Conhecimento de seu papel individual na equipe;
  • Conhecimento do Plano de Emergência;
  • Conhecimento de todos os ambientes da empresa (planta, instalações e outros);
  • Conhecimento para identificar os riscos de incêndio em cada ambiente;
  • Conhecimento para inspecionar os equipamentos de combate a incêndio.

Como calcular e dimensionar a brigada de incêndio?

A composição da brigada de incêndio será determinada por algumas variáveis, que constam na NBR 14276. O Corpo de Bombeiros em cada estado pode criar Instruções Técnicas (IT) para orientar quanto as brigada de incêndio, no caso de São Paulo, as empresas podem consultar a IT nº 17/2014 e para empresas localizadas em Minas Gerais a IT nº 12.

Na ABNT 14276, a primeira variável para o cálculo é com relação à quantidade de pessoas e no anexo A há um quadro com informações importantes. Nele é possível observar, entre outras coisas:

  • Grupo
  • Descrição
  • Exemplos
  • Grau de risco
  • População fixa por pavimento ou compartimento
  • Nível de treinamento
  • Nível de instalação

A segunda variável é quanto aos critérios de seleção de candidatos a brigadistas, em que são determinadas algumas características básicas para tal, como:

  • Permanecer na edificação durante seu turno de trabalho;
  • Possuir boa saúde e boa condição física;
  • Conhecer as instalações;
  • Ser maior de 18 anos;
  • Ser alfabetizado;

A terceira variável é o treinamento, que é ditado de acordo com o risco da edificação a ser protegida. Há três tipos de treinamento: o básico, o intermediário ou avançado.

Desse modo, para calcular o número de brigadistas é necessário consultar a IT do Corpo de Bombeiros de seu Estado e, caso não exista, a NBR 14276. Esta norma, em seu Anexo E, possui um resumo com 16 etapas de implantação da brigada de incêndio em qualquer tipo de empreendimento.

Sistema de Gestão Integrado

Em um mercado dinâmico e com uma alta expectativa e exigências dos clientes, a integração de processos, procedimentos e de gestão tornam as atividades da empresa mais facilmente administráveis e os problemas são mais bem identificados e encaminhados para áreas correspondentes.

O Sistema de Gestão Integrado (SGI) consiste na implementação das normas ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001, que respectivamente tratam dos sistemas de gestão da qualidade, meio ambiente e de segurança e saúde ocupacional.

Estas normas são baseadas no ciclo PDCA, são compatíveis entre si, certificáveis em nível internacional e são aplicáveis em todos os tipos e portes de empresa.

Duas dessas normas foram atualizadas no ano de 2015, que são a NBR ISO 14001 e a NBR ISO 9001. Já a norma de certificação OHSAS 18001 que é baseada nas diretrizes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), será substituída pela norma ISO 45001 com o objetivo de ter maior alinhamento entre os padrões de sistema de gestão da ISO e facilitar ainda mais a implementação integrada dessas normas nas empresas.

No site da Verde Ghaia você encontra informações acerca das atualizações para implementar o Sistema de Gestão Ambiental ISO 14001:2015 download e o Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2015 download.

Qual a importância do Sistema de Gestão Integrada na minha organização?

O SGI permite que sua empresa possa conhecer e controlar grande parte das variáveis micro e macro ambientais, monitorar e controlar a satisfação dos clientes, bem como obter uma gestão voltada para a redução e economia do consumo de recursos materiais e naturais e ainda se promove ações específicas para a saúde ocupacional dos funcionários, gerando um ambiente mais saudável e produtivo.

E quanto aos benefícios?

São inúmeros, visto que com o SGI promove melhorias quanto à imagem da empresa junto ao mercado e clientes, quanto ao desempenho organizacional e aumento da competitividade, quanto ao do clima organizacional e aumento da produtividade, quanto à redução de custos operacionais e administrativos e ainda proporciona a captação de novos clientes.

CONSULTORIA ONLINE

A Verde Ghaia é referência em todo o Brasil e atende com serviços de auditoria, consultoria e levantamento de aspectos e impactos ambientais. A empresa dispõe de consultoria das normas do Sistema ISO de forma presencial e também online, para facilitar e agilizar a implantação do seu sistema de gestão e a conquista da certificação.

Além disso, a Verde Ghaia também pode lhe auxiliar na Gestão dos Resíduos da sua empresa com a plataforma online VG Resíduos, totalmente alinhada com os sistemas da ISO.

Compartilhe