Verde Ghaia Consultoria Online

Qual a influência de um Sistema de Gestão na vida do consumidor?

Entender como a ISO enxerga o mercado consumidor é algo de importância no mercado atual, e que pode agregar benefícios, vantagens e diferenciais para os mais diferentes segmentos!

Da mesma forma que cada pessoa tem suas próprias características individuais e ainda um desempenho diferenciado, as empresas, com uma forte expressão econômica e ainda atividade social também são dotadas de individualidades que as distinguem uma das outras.

No caso das empresas, essas tais individualidades podem ser verificadas em detrimento de aspectos diversos, como no caso de níveis de eficiência e ainda eficácia estrutura de caráter físico, estrutura organizacional, níveis acerca de sua linha de produção e outros pontos! Em suma, os principais aspectos de diferenciação entre as corporações devem ser estabelecidos por meio de um modelo de gestão, sendo que eles podem ter relação direta com a cultura da própria organização, podendo até mesmo impactar diretamente com o seu desempenho!

Como a ISO enxerga o mercado consumidor?

Conhecer as iniciativas das Normas ISO é se voltar às  necessidades do consumidor e dos padrões que geram benefícios. Portanto, priorizar a qualidade é algo que deixou de ser, há muito tempo, apenas uma opção para grande parte das empresas – essa é uma premissa latente e que depende de esforços para ser estabelecida.

Diante da evidente concorrência, que é algo que se eleva potencialmente com o passar dos anos, manter iniciativas que de fato permitam manter um padrão de qualidade inquestionável tanto nos serviços como nos produtos é um atributo realmente fundamental para que se possa consumar bons resultados e, como consequência o sucesso!

Mas, olhando pela ótica dos clientes, ou seja, dos consumidores de uma maneira geral, a disputa também acaba sendo um aspecto de fato bastante acirrado, e nesse caso as empresas precisam focar nesse ponto. Isso porque, as empresas precisam ter em vista que deverão estar realmente preparadas para enfrentar o mesmo cenário – ou seja, todos os consumidores querem ter a oportunidade de vivenciar um bom atendimento, receber suas compras em dia, ter uma compra que atenda suas expectativas e ainda certificar que tudo isso se dá por um valor de fato acessível e compatível.

Diante todas essas premissas, entender como a ISO enxerga o mercado consumidor é um dos aspectos que mais tem despertado a atenção das empresas. Isso tem feito com que o comportamento do mercado busque, cada vez mais, a implementação de sistemas de gestão de qualidade, de forma a se obter um melhor controle de diversos fatores internos e ainda externos. Afinal, ambos podem ser responsáveis por afetar, no final das contas, de forma direta a qualidade dos produtos e também serviços ofertados pela empresa!

No Brasil, tais normas são regidas pela ABNT NBR ISO 9001 e é a partir dela que as empresas devem elaborar seus sistemas de Gestão – é preciso ainda lembrar que de tempos em tempos são feitas auditorias por entidades certificadoras (externas e independentes). O papel delas é justamente garantir que tal norma de qualidade seja realmente bem implementada no ambiente da empresa e ainda seja mantida de forma assertiva!

Olhando para o futuro: Entendendo a relação da ISO com o consumidor

A qualidade vai além de ser pontual com relação ao que for acordado no momento oportuno da venda – o consumidor atualmente entende que a qualidade é algo que norteia outros aspectos de suma importância para o mundo! Isso fica evidente diante dos interesses sociais, que basicamente podem envolver a relação da empresa diante de seus processos com o que ela é capaz de gerar de benefício pelo meio ambiente, por isso!

E novamente, entender como a ISO enxerga o mercado consumidor é de fato fundamental, pois são justamente as diferentes normas que ajudam a orientar de forma assertivas as empresas nos mais variados nichos de mercado! A ISO existe para gerar benefícios para o consumidor final, e também para contribuir no processo de gestão das empresas de forma a suprir as principais suas necessidades e diretrizes!

Quanto mais as empresas se importarem com seus padrões e processos internos, beneficiando o meio ambiente e sendo conscientes no seu nicho de atuação, mais positiva será a sua imagem perante o mercado e o consumidor final!

Produto final atende aos requisitos do consumidor, quais as vantagens?

Uma boa gestão nesse sentido pode estabelecer a adoção de padrões que ajudem a gerar diversos benefícios, afetando potencialmente o controle de desperdícios e consequentemente se torna um grande aliado da otimização de custos.

Isso porque, todas as vezes que o cliente acaba recebendo algo dentro do que foi de fato acordado previamente, consegue-se otimizar os custos e resultados. Quando isso não acontece, ou seja, quando a empresa foge ao que foi acordado, ocorre um custo de caráter adicional com possíveis adaptações e até mesmo uma possível necessidade de retrabalho.

Além disso, há ainda a chance de se ter um enorme mal estar ocasionando entre o cliente e a empresa, algo que certamente nunca é positivo no final das contas. Diante disso, o controle de todos os processos dentro de uma empresa é um ponto realmente fundamental para que se possa ter melhores resultados e uma melhor visão em meio ao mercado!

Em suma, para que se possa obter um melhor controle de todos esses aspectos, há muitas décadas foram criadas normas de caráter mundial, de cunho regulamentador, que são responsáveis justamente por orientar os Sistemas de Gestão de Qualidade. A participação dos interesses dos consumidores na padronização aumenta a confiança nos bens e serviços desenvolvidos de acordo com especificações, garantindo que eles sejam adaptados às necessidades do usuário final.

As normas ISO suportam o desenvolvimento e comércio de mercadorias e serviços que melhor atendam às expectativas dos consumidores quanto à segurança e saúde, bem como a adequação à finalidade, proteção ambiental e outras qualidades que podem ser considerados diferenciais! Quando o produto final atende aos requisitos do consumidor, cria-se, portanto, uma situação vantajosa para ambos os lados, ou seja, tanto para o consumidor e fabricante ou provedor de serviço!

Tudo isso, ajuda a entender melhor como a ISO enxerga o mercado consumidor!

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!