Verde Ghaia Consultoria Online

Acidentes de trabalho segundo a ISO 45001

A ISO 45001:2018 preconiza algumas normas, mais atuais sobre a Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional nas empresas. Assim, seguindo essas normas, as questões e os motivos de um acidente de trabalho podem ser minimizados ou evitados. Desse modo, as organizações devem se preocupar mais em atender aos requisitos legais, promovendo a prevenção de acidentes do trabalho, visando alcançar uma cultura organizacional preventiva.

ISO 45001: entenda sua função

Recentemente, em 2018, foi aprova a norma de Saúde e Segurança Ocupacional (SSO), ISO 45001. Com a aprovação dessa nova norma, algumas alterações foram realizadas com o objetivo de se evitar acidentes de trabalho nas empresas. Além disso, essa nova norma em SSO vem para substituir a OHSAS 18001, já que adota parâmetros mais completos e seguros para casos de acidente de trabalho. É interessante entender a correlação entre a antiga e nova versão da Norma.

Vamos conhecer mais da ISO 45001, continue nos acompanhando.

O que é acidente de trabalho?

Antes de entender como funciona o Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional proposta pela norma ISO 45001, é essencial entender o que é acidente de trabalho para a norma. Sendo assim, explicamos que acidente de trabalho é considerado aquele acidente que ocorre em pleno exercício do trabalho. Desse modo, esse tipo de acidente, quando ocorrido pode provocar lesões corporais, leves a graves que causem a redução temporária ou permanente das funções vitais para exercer o serviço. E, nos casos mais graves, o acidente de trabalho pode levar até a morte.

Sendo assim, considera-se acidente de trabalhado quando:

– o trabalhador está prestando um serviço pela empresa que trabalha, fora do local do trabalho;

– ocorre em viagens a serviço da empresa;

– acidentes no percurso de casa para o trabalho ou vice-versa;

– doenças causadas pelo tipo de serviço exercido, como câncer, artroses, problemas de visão, etc,

– doenças causadas pela falta de estrutura ao qual a empresa expõe seus funcionários. Como por exemplo, a falta de Equipamentos de Proteção Individual, no caso de dermatoses causadas por exposição a compostos químicos.

Portanto, independentemente das causas do acidente trabalho, isso pode comprometer a vida toda de um colaborador. E, para empresa, isso significa processos na Justiça do Trabalho devido ao não cumprimento das normas pré-estabelecidas pela norma  ISO 45001. Por isso, vamos conhecer as novidades da ISO 45001 e colocá-las em prática na Gestão de Saúde e Segurança da empresa!

ISO 45001, o que diz?

A ISO 45001 tem por objetivo instituir uma mentalidade de risco nas organizações, visando à prevenção e preconizando a adoção da metodologia da investigação do acidente. Uma vez, que as empresas investigam o porquê dos acidentes, elas são capazes de aprender com seus desvios e assim, fomentar por uma cultura organizacional mais preventiva. A seguir vamos trazer algumas das características dessa nova norma.

Melhor adaptação da estrutura com outros Sistemas de Gestão, ou seja,  A estrutura padrão do sistema de gestão de saúde e segurança ocupacional traz um novo tipo de alinhamento com a ISO 45001 proporcionando mais vantagens e facilidades para a sua implementação. Assim, com a ISO 45001, as empresas conseguem fazer os ajustes importantes no sistema de saúde e segurança da empresa no campo interno e externo, de tal modo que podem fazer as devidas considerações quanto aos riscos dos serviços e ainda poderão produzir e desenvolver estratégias que as torne mais valorizadas no mercado, dentro do segmento de atuação.

Maior foco nos trabalhadores

A ISO 45001 traz em seus capítulos que o foco está no trabalhador, na segurança de seu trabalho e que devem ser prioridades. Além disso, o envolvimento dos trabalhadores na gestão da segurança do trabalho deve ser primordial para que o trabalho seja realizado em segurança, para ambas as partes (empresa e empregado). Desse modo, os fatores de segurança devem ser analisados dentro de um todo, para que seja fácil a compreensão de todos os trabalhadores durante a execução de suas atividades.

Desenvolver uma mentalidade de risco

Um dos principais objetivos da ISO 45001 é desenvolver uma mentalidade de risco na Gestão de Segurança de uma empresa. Preocupar-se em criar estruturas para proteger seus colaboradores de acidentes de trabalho, realizando uma boa gestão de saúde e segurança ocupacional. Além disso, as empresas precisam estar preparadas para saber o que fazer em caso de acidente de trabalho de seus funcionários, como deve ser feita a comunicação de acidente de trabalho. Enfim, ao desenvolver uma mentalidade de risco, a ISO 45001 possibilita que todas esses trâmites sejam analisados e desenvolvidos com mais assertividade.

CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho Modelo

Muitas vezes, diante de um acidente de trabalho, as empresas acabam negligenciando como a comunicação de acidente de trabalho pode ser realizada. Sendo assim, ao negligenciar a comunicação de acidente de trabalho, negligenciam a sua responsabilidade diante ao acidente sofrido pelo funcionário. A falta de emissão do CAT deixa o trabalhador sem o amparo necessário, não valorizando as consequências que um acidente de trabalho pode provocar. Portanto, a ISO 45001 vem para mostrar que a responsabilidade de um acidente de trabalho é da empresa. Assim, essa deve promover medidas que assegurem a segurança de seus funcionários. Além de modelos de Comunicação de Acidente de Trabalho.

Modelo de investigação de acidente de trabalho – liderança na investigação

A ISO 45001 utiliza de modelos de investigação de todos incidentes do trabalho, independentemente do tipo de ocorrência. Assim, trabalhar com uma liderança de investigação para acidentes de trabalho dentro de uma empresa auxilia prevenção de eventuais acidentes.

Pois, ao se investigar os tipos de acidentes que ocorrem e a frequência com isso acontece, auxilia na tomada de decisões sobre novos protocolos de execução de serviços. Evitando que novos eventos aconteçam, resguardando a vida dos funcionários e problemas para a empresa, consequentes desses acidentes.

Sendo assim, a ISO 45001 estabelece que os trabalhadores que já estiveram envolvidos em acidentes participem da investigação dos acidentes do trabalho. Para que assim, as tomadas de decisões, os novos protocolos de serviços sejam de fato eficientes, protegendo o trabalhador e não causando outros tipos de acidentes indesejáveis.

Portanto, qual é o principal objetivo da ISO 45001?

A ISO 45001 foi criada para melhorar o engajamento de empresários e empregados na Gestão da Saúde e Segurança Ocupacional de uma empresa. Desse modo, todos os membros de uma empresa devem fazer de seu ambiente de trabalho, um local seguro. Evitando, portanto, os acidentes de trabalho.

Sendo assim, ISO 45001 veio para padronizar, globalizar e proteger a SSO das empresas. Portanto, protegendo o funcionário de possíveis acidentes e protegendo o empresário de possíveis complicações provenientes de acidentes de trabalho.Dessa forma, seguir a ISO 45001 se tornou uma forma segura de melhorar a gestão de acidentes da empresa auxiliando todas as partes que constituem uma organização.

Esperamos que com esse artigo você tenha conhecido um pouco melhor sobre os acidentes de trabalhos e a ISO 45001.

Ficou com alguma dúvida, comente!

Compartilhe nas redes sociais:

        

0 Comentários

Deixe o seu comentário!